Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amizade

Tanto quanto no amor, há na amizade um mistério que a transcende.
Como descrever a sensação de ser aconchegado pelo outro? Como definir um sentimento que se anuncia em afinidade e aceitação espontânea?
A amizade conjuga-se na adivinhação natural do outro, mesmo se não existem palavras explícitas ou gestos reveladores. Ser amigo é um exercício que supõe cumplicidade e independência, porque é a convivência, fruto da vontade do estar próximo, ainda que o estar presente, signifique algumas vezes, respeito à solidão do outro.
Ser amigo é acompanhar a composição do álbum da vida do outro, quando nos fotografamos e somos fotografados em momentos coloridos e em preto e branco. É fazer parte da lente do outro, sem ofuscar o foco de si mesmo e daquele, a quem chamamos de amigo. É, se preciso for, sinalizar os melhores ângulos da vida, quando o outro já não se permite fotografar em novos cenários.
Quando há amizade, não existem medidas cronológicas que denunciem separações e nem tampouco os ponteiros da distância a marcarem ausências. Há encontro sempre, ainda que apenas no horizonte do pensamento, na linguagem afetiva do lembrar ou nos códigos amorosos do silêncio consentido e conhecido entre ambos.

Fernanda Guimarães

Visite "De Amores e Saudades - Fernanda Guimarães":
www.fernandaguimaraes.com.br
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 30/04/2005
Reeditado em 25/08/2008
Código do texto: T13968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (64374 leituras)
9 áudios (1782 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:06)
Fernanda Guimarães