Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                                              foto - Sharon Tate 1968 



Helter Skelter ( Caos)





Ela girou a maçaneta da porta, abrindo-a vagarosamente, sem fazer nenhum barulho. Passava um pouco da meia noite quando entrou em casa. Tudo parecia silencioso. Todos dormiam. Durante meses, ela pensou naquele momento - na hora do almoço com a família reunida. A noite, vendo TV, chegou mesmo a contemplar o rosto de sua mãe, os cabelos presos, revelando seu pescoço delgado, frágil. A gola da camisa branca, combinava com seu estilo clássico, mas agora era real, estava acontecendo. Sentiu um frio na barriga, mas também um agradável frisson. Longe de ser covarde e dar para trás, ela era corajosa e inteligente com uma vida cheia de sonhos por realizar e garotas assim, tem a forte qualidade da determinação. Ela então, deu o sinal verde para que Ricardo e Beto entrassem. Acendeu a luz do corredor e eles subiram. Na cozinha, andando em círculos, ela chegou a se perguntar, por um segundo, se estava fazendo a coisa certa e seu bom senso, como de costume, acenou-lhe positivamente, afinal ela já tinha sofrido o suficiente. Sentia-se no limite - as repreensões, as críticas constantes, as proibições, tanta humilhação ! Ela não entendia o porque de tanta crueldade, mas agora, o destino, junto a sua alma gêmea, parecia lhe dar a chance de ter uma vida normal. Ela queria apenas isso. Desfrutar da sua juventude em paz. Às vezes, temos que magoar algumas pessoas para fazer o que julgamos certo. Esse é o preço de sermos fiéis a nossa essência. Em breve, tudo aquilo terminaria e ela viraria a página. Pensou ouvir o barulho de um golpe surdo e tampou os ouvidos. Algum tempo depois os dois desceram. Pronto, estava acabado. O coração dela batia rápido e quase sentiu um certo remorso. Apesar de tudo o que lhe causaram, ela os amava, porém, uma agradável sensação de liberdade restabeleceu seu equilíbrio. Não poderia ser diferente: Ela e Ricardo se amavam e é o amor que faz o mundo girar ! Pouco tempo depois, Beto foi comer um lanche no McDonald's, tanto esforço físico abriu-lhe o apetite, podia comer um leão! Ela e Ricardo estavam numa suíte de um motel de luxo em São Paulo. Acenderam um baseado para relaxar e ela, numa baforada, pensou - onde faria sua festa de aniversário ? A casa valia cerca de um milhão de reais, como vende-la ? Tantas coisas por resolver !
Enquanto isso, dois corpos ensangüentados, desfigurados por pesados golpes de barras de ferro, desferidos cinco vezes, em cada um, jaziam no quarto da casa, num cenário macabro como um "pulp fiction". O pai quase não reagiu, mas a mãe, acordou e resistiu. Foi difícil mata-la, mas nada que uma toalha enfiada garganta adentro, quebrando-lhe o pescoço violentamente, não pudesse calar seu último gemido para sempre.


------------------------)))))




Esse poderia ser apenas um conto e qualquer semelhança com fatos reais poderia ser mera coincidência mas, infelizmente, é baseado numa estória real e exatamente aqui, essa crônica pode parecer chata, pois o leitor foi bombardeado, mil vezes pela mídia, que, claro, se beneficiou com essa estória - Ela : Suzane Richthofen, a mandante do crime, os dois rapazes: os irmãos Cravinhos, assassinos frios e sanguinários. As vítimas: os próprios pais de Suzane. Pelo jeito, Suzane sabe como matar friamente - por controle remoto.
Suzane von Richthofen, já foi julgada e condenada a prisão, esse ano, mas poderá deixar a cadeia em dois anos e muito rica, às custas do dinheiro público. Isso se deve ao fato de ser ré primária e por ter menos de 21 anos na data do crime, em 2002, junto a dois anos já cumpridos.
Uma denúncia anônima encaminhada aos Ministérios Públicos federal e estadual dá como certo que as contas 15.616 e 15.6161, abertas em 1988, no Discount Bank and Trust Company (DBTC), atual Union Bancaire Privée, pertencem a família Richthofen. Estima-se que essas contas abriguem pelo menos dez milhões de euros, dinheiro supostamente desviado das obras do Trecho Oeste do Rodoanel – uma estrada que circunda a cidade de São Paulo, orçada em R$ 339 milhões, mas que acabou consumindo mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos. A construção do trecho foi administrada pela autarquia Companhia de Desenvolvimento Rodoviário S.A. (Dersa), empresa da qual o pai de Suzane, Manfred von Richthofen, era diretor quando foi assassinado. Os promotores desconfiam que essas contas estejam em nome de Suzane. Se essa impressão se confirmar, acreditam que a condenada tem boas chances, uma vez em liberdade, de manter seus direitos sobre elas – e a fortuna nelas guardada. 


Entre outros casos, Paula Tomas, que matou a tesouradas, com seu companheiro, Guilherme de Pádua, a atriz Daniela Perez, se encontra em liberdade e hoje estuda Direito (?) Casou-se com um advogado e tem dois filhos. O ator Guilherme de Pádua, também leva uma vida "normal" em Belo Horizonte !


Seis anos depois de ter assassinado a jornalista Sandra Gomide, e confessado o crime, o também jornalista Antônio Marcos Pimenta Neves, ainda não tinha sido sequer julgado. O julgamento só começou no dia 3 de maio desse ano. Transtornado desde que fora abandonado pela namorada, Antonio Marcos de Pimenta Neves, 63 anos, matou Sandra Gomide, com dois tiros disparados a queima-roupa, no dia 20 de agosto de 2000. Pimenta Neves era o diretor de redação e Sandra a editora de Economia do jornal O Estado de S. Paulo.
Em 2000, Pimenta Neves foi pronunciado por homicídio duplamente qualificado, para ir a júri.


....em total oposição


Em total oposição a esse quadro caótico, cito apenas um exemplo. Quis saber onde estavam hoje, os assassinos do famoso caso Sharon Tate, ocorrido em 1969. Grávida de oito meses, na época, mulher do diretor Roman Polanski a atriz foi encontrada morta em sua casa em Los Angeles, junto com outras quatro pessoas. A brutalidade do crime alcançou repercussão internacional; Manson e cinco de seus "seguidores", teriam cometido o crime conforme suas ordens. Charles Manson, também não sujou as mãos, foi apenas o mandante. Depois de 37 anos, todos continuam na cadeia, e de lá, não sairão jamais ! Existe um filme baseado nesse crime com o nome: "Helter Skelter" Há alguns sites lembrando esse e outros casos, para que ninguém se esqueça deles. No site em que entrei está escrito: PLEASE HELP WITH OUR ATTEMPT TO GUARANTEE THAT THESE VICIOUS MURDERERS ARE NEVER RELEASED BACK INTO CIVILIZED SOCIETY! (Por favor, nos ajude, com nossas tentativas, para que esses brutais assassinos, nunca mais voltem a conviver com uma sociedade civilizada !)


Hoje, na Orkut há duas comunidades "Eu Amo Suzane Richthofen" e "Eu Defendo Suzane Richthofen!!". Juntas, somam mais de cem orkuteiros que rasgam elogios à jovem e levantam argumentos para inocentar Suzane das acusações. Eu, sinceramente, sugiro que os pais desses jovens tranquem suas portas ao dormir.


Se o AMOR faz o mundo girar, a justiça brasileira parece ter migrado para outro planeta ! e se a realidade fugiu ao nosso controle e vivemos uma ficção barata : a quem recorrer ? Please, take me to your leader ! ( Por favor, leve-me ao seu líder ! )



* Helter Skelter é também o nome de um álbum dos Beatles. Charles  Manson era obcecado pela idéia de ser um astro do Rock.


* atualizada em 11/11/2006
Ana Valéria Sessa
Enviado por Ana Valéria Sessa em 09/05/2006
Reeditado em 22/05/2008
Código do texto: T153125

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Valéria Sessa
São Paulo - São Paulo - Brasil
113 textos (114606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:46)
Ana Valéria Sessa