Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O petróleo é nosso, mas o gás é dos bolivianos!

O presidente Lula reagiu de uma forma tíbia e tímida aos rompantes bolivarinos de um  mascador de coca, travestido de marionete do  Hugo Chávez, chamado Evo Morales. Que vergonha para o Brasil sofrer esse golpe baixo em seus interesses nacionais e em sua soberania! Fomos tratados como expoliadores e não como sócios. Evo Morales, tomou o pirulito, deu um cascudo na cabeça de Lula e correu para os braços de Chavez, Lula nem sequer chorou. Agradeceu cinicamente ao “ato patriótico” do cocalero e disse para todos que a Bolívia estava coberta de razões. Disse publicamente: “O petróleo é nosso, mas o gás é da Bolívia!”. Ora, companheiros, o gás pode ser da Bolívia, mas toda a infra-extrutura para extração e distribuição é de capital brasileiro. O presidente não esboçou nenhum gesto de determinação soberana aos arroubos bélicos dos bolivianos. Ele deveria ter sido mais enérgico em sua reação a esta traição e ato de covardia do Sr. Evo Morales. Deveria ter imediatamente rompido relações diplomáticas com a Bolívia e  repatriado todos esses bolivianos que vivem trabalhando feito escravos nas confecções clandestinas de São Paulo para os píncaros dos Andes. Deveria ter colocado as forças armadas brasileiras em alerta máximo e ostensivamente demonstrar o que poderia ser feito se a Bolívia continuasse com seus intentos. Deveria ter, de imediato, fechado o gasoduto e deixado a pressão, política por sinal, explodir no governo deste país andino. Nós poderíamos conviver com uma crise energética, pois já passamos por algo semelhante e temos reservas suficientes para em poucos anos reverter essa “dependência química” da Bolívia, mas eles não agüentariam o boicote e rapidamente pediriam arrego implorando para que desfizéssemos o bloqueio. Decisão rápida de defesa do patrimônio e  da soberania nacional teve a Inglaterra  no episódio da malfadada invasão das ilhas Falklands pelos argentinos. O efeito foi tão exemplar que até hoje eles se arrependem da mirabolante aventura bélica de haver um dia enfrentado a fúria de uma potência mundial!  
Edmar Claudio
Enviado por Edmar Claudio em 11/05/2006
Código do texto: T154194
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmar Claudio
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
217 textos (25400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
Edmar Claudio