Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Hipocrisia

"Senhoras que cospem na prostituição, mas vivem sofrendo escondidas num véu de sujeira e festinhas hipócritas e maçantes, onde organizam o hino de cornetas ligado pra todos os gozos, num coro estéril, mas barulhento".

(Pagú 1931 - Jornal O homem do Povo)

Trecho ditado em um jornal de esquerda por uma líder comunista em 1930/31.  Se trouxermos para os nossos dias, pergunto:
O que mudou neste espaço de tempo?
Refletindo em cima deste artigo e tentando me reportar ao passado com os pés aqui no presente, digo: Nossa sociedade continua tão hipócrita quanto na década de 30, só que hoje às claras tudo (ou quase tudo!) e com muito mais velocidade (graças a nossa mídia!). Hipocrisia, preconceito, imoralidade política, social e financeira continuam. As mulheres com mais liberdade (viva a liberdade!) de expressão, decisão (evoluímos hein!) ganhando espaço onde só o imaginário imperava! Quase em pé de igualdade masculina (menos no salário!). Estamos vencendo obstáculos que antes utópico, hoje realidade! Estamos quase lá...Escalando a montanha da sabedoria para que chegando ao topo estejamos preparadas para um mundo igual e totalitário, onde todas terão as mesmas chances. Apesar de nossa luta para chegarmos ao cume ainda há impostura camufla, onde se ocultam verdades que não queremos enxergar ...As mulheres ainda estão em evidência como PRODUTO DE CONSUMO, miséria, fome, crimes de qualquer natureza e o analfabetismo se fazem NORMAL...
Mesmo com todas estas dificuldades, mesmo com todas as alienações eu tenho fé no Ser Humano e, tenho certeza que o mundo vai ficar melhor, pois nós sempre progredimos e nunca regredimos (É LEI!).


Egregora
Enviado por Egregora em 12/05/2006
Código do texto: T154758

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Egregora
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
28 textos (1707 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:43)
Egregora