Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
XEQUE MATE


O Brasil passou nesse último fim de semana o que nós
chamamos de guerra civil. Uma facção criminosa que comanda alguns dos presídios da grande São Paulo chamada PCC (Primeiro Comando da Capital), contra a polícia e a população da referida cidade, entraram em combate. Assassinatos, queima de ônibus, ataque a bancos, a comércio, uma verdadeira onda de conflitos, em focos organizados e em lugares estratégicos. De um lado o crime organizado, o PCC, do outro, o Estado desorganizado, frágil, obsoleto, amedrontado e perdido. No meio, os brasileiros, trabalhadores, jovens, idosos, crianças  à parte do Brasil comandada. Diante desse quadro, vejo que estamos no mesmo barco, cada grupo querendo o comando, pegar o leme e direcionar para o rumo que melhor lhe provir. E no meio do caminho ficaram esquecidos os respeitos, a liberdade, a ética, a moral, a bondade, a justiça, o caráter, a ajuda, a educação e a boa vontade. Brasileiros contra brasileiros, agredindo-se, limitando-se, excluindo-se descendo ao fundo da caverna, retorno ao home de neandertal. Nesse jogo maligno xeque-mate, e o PCC vitorioso. Um aviso? Um novo rumo? Uma nova releitura do Brasil? No próximo jogo espero um resultado satisfatório para todos, com paz, amor, justiça e um crescimento educacional, cultural e científicos. XEQUE-MATE LULA.
Sitonio
Enviado por Sitonio em 17/05/2006
Reeditado em 17/05/2006
Código do texto: T157929
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sitonio
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil, 55 anos
291 textos (24129 leituras)
6 áudios (2162 audições)
3 e-livros (745 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:20)
Sitonio