Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Vocês ganharam, estão satisfeitos?

Meu emprego não é emprego, meu trabalho não é trabalho, dizem isto de mim, não para mim, não analisam, apenas julgam.

"eu" eu de verdade.
"ele" a pessoa que querem que eu seja.

Frases repetidas espancam meus ouvidos e estraçalham meus pensamentos, a cada letra que é soletrada pelos seus lábios, minha auto-estima sofre um golpe, da sua boca saem palavras sábias, socialmente corretas, você e os outros estão com toda á razão, largo meus sonhos de lado, sigo o mesmo caminho de muitos, serei agora “ele”, abandonei meu “eu”, porque apesar de ter resistido bastante, hoje ele deu o ultimo suspiro e sua ultima palavra foi: desculpa.
A partir de hoje, começo uma nova vida, serei um homem direito, procurarei entrar em qualquer empresa que me dê um bom plano de saúde, que vacine seus empre(gados), que me dê garantia de salário e de uma vida digna de um brasileiro, um operário, trabalharei incessantemente para ajudar minha futura companhia a sugar meu Brasil. Será lindo, já posso imaginar as pessoas da cidade dizendo:
_ Olha gente, Enzo entrou para a “Va.. (CURD)”, agora sim ele tomou jeito, vai ser um grande pai de família!
Já posso ver a felicidade nos rostos familiares, o sorriso, a comemoração, talvez até festa, eu posso ver também o dinheiro na minha mão (importantíssimo para ser um bem sucedido e bom homem) e me vejo com 40 anos, indo e voltando todos os dias do ano para trabalhar, sendo estável, monótono e infeliz, mas estável. Para meu “ele” e todos, é isso que importa.
Então é isso, hoje terminaram de matar meu “eu”, que está jogado no canto de um quarto, encolhido, só deixando meros vestígios. O “ele” agora livre e poderoso, começa seus planos, já pensa em largar a banda, largar o skate, largar a criança que morreu com o “eu”, largar o prazer, o sorriso, a alegria de viver.
Vocês venceram, a sociedade venceu, serei o que vocês querem. Desculpe tanta resistência, só estava querendo ser eu.
Enzo Pinho
Enviado por Enzo Pinho em 20/05/2006
Reeditado em 20/05/2006
Código do texto: T159304
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Enzo Pinho
Nova Era - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
239 textos (20094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:40)
Enzo Pinho