Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UNIÃO DOS POVOS – Um sonho possível?

UNIÃO DOS POVOS – Um sonho possível?

                                  Delasnieve Daspet

Todos temos a liberdade de idealizar um mundo melhor. Um mundo sem fronteiras. Todos os cidadãos  são donos do Mundo. O Mundo nos pertence. O Continente é nosso... Mas não creio ser possível uma integração nos moldes como sonham os ditos socialistas.

Não creio que exista um mundo capitalista que nos queira devorar... existe, isso sim, nós que somos fracos, que não conseguimos soltar nossas amarras;  que nos deixamos apequenar.

Os países são diferentes. Os povos são diferentes. Os interesses são diferentes. E, nós, os latinos, digamos assim, ainda não aprendemos a ser fiéis aos nossos vizinhos, e, é certo que por ele não morreremos, basta ver os últimos acontecimentos em nossa América do Sul.

Temos muito a  aprender. Criar um novo estilo de vida cujos princípios fundamentais repousem exatamente na paz e na unidade que o respeito traz....

Precisamos nos envolver cada vez mais na revolução silenciosa em defesa da vida e do cancelamento de barreiras...

Quem sabe a união da América do Sul se baseie na cooperação, na solidariedade, efetiva democracia dos países ( deixando de lado os governos populistas, chauvinistas, coronelistas, corruptos, enganadores, mentirosos, ladrões  - que poluem a nossa América do Sul ), tornando-se os países parceiros e não dando rasteira uns nos outros, conscientizar  as populações que Direitos Humanos, Justiça Social são vias paralelas e ajudam na construção dessa unidade  pretendida.

Mas  para que isso seja possivel ainda temos muito a trilhar. Falta-nos - ainda - a maturidade que só o tempo nos oportuniza.    Lembremos os europeus - quanto tempo levaram para a efetiva união? quanto sangue derramaram? quanto sofreram? E, cá pra nós, essa união da Europa ainda não está totalmente efetivada.

A América do Sul ainda é tenra criança. Toda verde de esperança. Com riquezas incomensuráveis. Cheia de cobiça e cobiçadores. Cheia, lamentavelmente, de utopias, canastrões   e de falastrões.

Na literatura essa barreira já foi quebrada!

Estamos reunidos num projeto do  sonhador Árias Manzo, poeta Chileno, ( que eu chamo de " Movedor de Moinhos " ) mais de  80   - ( oitenta ) países, por onde caminha a poesia – livre, como um pássaro.
Na poesia – o mundo é um só!
As diferenças não mais existem.
Não existem barreiras de línguas.
Não existem Homens - Não existem Países - existimos nós: Poeta e Poesia!

“...Somos como o vento que anda por todas as montanhas e planícies...”

Ouvi no Fórum Social Mundial, em 2001, em Porto Alegre, que “ um outro mundo  é possível...”
É, sim!
Basta que nos dispamos de egos e falácias.
Em Campo Grande-MS, 31 de maio de 2006.

Delasnieve Daspet
Embajadora de Brasil
www.poetasdelmundo.com


DELASNIEVE Miranda  DASPET de Souza( Luna )
www.delasnievedaspet.com.br ( referendado pela UNESCO )
www.pantanalms.tur.br ( referendado pela UNESCO )
www.lunaeamigos.com.br ( referendado pela UNESCO )
http://forumdeculturams.delasnievedaspet.com.br/index.html
 



 
Delasnieve Daspet
Enviado por Delasnieve Daspet em 03/06/2006
Código do texto: T168741
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Delasnieve Daspet
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 66 anos
654 textos (28512 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:30)
Delasnieve Daspet