Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                                Con_fusão 

                                 Rosa Pena




Estou em estado gasoso. Nas nuvens. Minha voz já não me diz, apenas traduz as palavras que vêm de você. Meus olhos só reproduzem a luz vinda dos seus. Minhas mãos não procuram agarrar mais nada que não seja o seu corpo. Estou perdida em meus dias e achada nas noites em que sou escalada por você e o seu avesso vira o meu direito. Meu coração? O primeiro que se evaporou para se condensar ao seu. Adoro as marcas do seu nome em meu rosto, as lanhas em minhas costas feitas pelos seus dedos em versos. A cada chamada sua jorram de meus seios puro leite, que misturado ao seu alimentam poemas recém-nascidos.

Estou em estado de ebulição. Fervendo! Sou lava do seu vulcão e vamos aos poucos secando o velho mundo, nos esvaindo do que fomos feitos antes, nos refazendo no agora, até que cada Hiroshima tenha virado uma rosa, até que tudo em mim seja você, até que tudo em você seja eu, até que não haja mais vestígios de dois, até que nunca mais a felicidade fique pra depois.

Estamos em estado de fusão!



Rosa Pena
Enviado por Rosa Pena em 08/06/2006
Reeditado em 26/09/2008
Código do texto: T171913
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Rosa Pena
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
960 textos (1418092 leituras)
48 áudios (24767 audições)
33 e-livros (29020 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:16)
Rosa Pena

Site do Escritor