Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulheres

Como sofremos nós mulheres nesse mundo cão! Quantos papeis desempenhamos em nossas vidas, quantas mudanças, ou melhor, restaurações fazemos em nossa personalidade e em nossa alma, devido aos percalços que a vida joga na nossa frente e diz “Toma, se vira aí”.
Quando crianças odiamos os garotos “pestinhas” que sempre nos xingavam escolhendo os nossos piores atributos físicos, nada era bom para eles, se você era magra “Magricela”, um pouco mais fofinha “Gorducha”, falta tamanho “Nanica”, sobra tamanho “Vareta”,se usa óculos “Quatro olhos, se não usa...fica tranqüila que eles inventam alguma coisa.
Crescemos, tudo muda, os garotos não são tão odiados, mas dificilmente se declaram de verdade, na maioria das vezes mandam um amigo ou um bilhetinho romântico, nessa fase qualquer xingamento sobre o corpo vira obsessão, sem formas definidas não somos mais crianças, porém ainda não temos corpo de mulher.
Os anos passam e chega a idade da descoberta não só você se descobre como os garotos também, agora agente só sonha, quer casar com um príncipe, ser gerente de uma multinacional, ter filhos e continuar com o corpinho, a vida vai ser linda pra sempre, são festas e mais festas, nada que termine muito tarde afinal é seu pai que te busca ,enfim! Ou melhor, finalmente, aparece um namorado, seu pai o chama de “pastel”, seus irmãos de “mané”, sua mãe apenas os repreende “não fala assim do menino”.A paixão na adolescência é tudo lindo, vocês vão casar, morar na Austrália, ele é um amorzinho, até que aparecem as primeiras brigas, ele quer sair com os amigos e você com suas amigas, então você repara que existe muita gente interessante por aí e que você também é interessante.
Os sentimentos mudam, existe o desejo, sentir-se desejável é delicioso, ser a “garota fatal”,
Agora as festas começam no horário que as outras terminavam, seu pai (coitado) não te busca mais, você sempre vai com amigos, alguns já tem seus carros outros pegam o dos pais. A vida é festa e você quer experimentar tudo eu digo TUDO MESMO! Bom é aí que entra toda a educação que você teve, as informações que você adquiriu, afinal uma má escolha acarreta em danos futuros. Ta, mas nós mocinhas descoladas sempre fazemos tudo certo, certo? E mesmo seu pai dizendo que nunca viu você pegando num livro você passa na faculdade.
Não vou mentir, a vida continua uma festa, e dessa vez se você deixou de experimentar alguma coisa, essa é a hora, é muita gente nova e de cada um você aprende algo, alguma coisa agente leva pra sempre, outra você só usa de vez enquando. O problema é que agora surgem as maiores responsabilidades, sua grana ta cada vez menor, as provas tão te comendo viva, você trabalha, estuda, vai às festas, agrada os gatinhos, mora com 15 meninas e ainda sobrevive de “Miojo”. Menina a coisa ainda piora! Graças a Deus agente se forma um dia, e bota graças a Deus nisso.
Agora você já é uma mulher adulta, tem sua própria grana, suas coisas, sua mãe não passa mais tua roupa, sua cama não se arruma sozinha, se não pagar a conta de luz você pode ficar no escuro, e se não bastasse tudo isso você tem que se preocupar em arranjar um namorado, mas agora agente não quer mais “ficadas” de apenas uma noite, agente quer estabilidade, é chato ficar sozinha!
Os anos se passam finalmente você encontra o homem da sua vida, ele não veio no cavalo branco, nem mora num castelo, seu pai não é nenhum rei, mas tudo bem ele é trabalhador, honesto, carinhoso, ele também deixa a tampa do vaso levantada e toda quarta joga futebol com os amigos (um segredo nunca se meta no futebol dele). Como já se tem emprego, casa, e marido agente se casa e quem pensa que agora se resolveu a bagunça está profundamente errado. Chegaram os filhos.
Agora os papeis são de mãe, mulher de negócios, dona de casa, esposa, e dentre esses papeis existem varias ramificações.Afinal, você tem que ser uma mãe carinhosa, de vez enquando severa, divertida, selosa, compreensiva. Como mulher de negócios você tem que ser atual, dinâmica, às vezes fingir-se de morta, criativa. O mais difícil dona de casa, lavar louça, arrumar casa, faxinar e como se não bastasse tem esposa, carinhosa, divertida, compreensiva, fatal, disposta, sexy, generosa, bonita, elegante.
Olha é muito difícil ser mulher viu, mas também tem vantagens que qualquer homem desconhece.
Thaís Soares
Enviado por Thaís Soares em 20/06/2006
Código do texto: T179379
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Thaís Soares
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 31 anos
31 textos (2623 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:51)
Thaís Soares