Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aniversários

Ainda tenho gravado na memória as doces lembranças de minha infância, lá no alto da rua XV. Meu pai é o sétimo de uma família numerosa, 10 filhos legítimos e mais uns três ou quatro adotados, sem contar os agregados e amigos que junto conviviam.

Em nossa família em particular, sou o primogênito de 5 filhos. Papai sempre  teve de dar muito duro para nos manter. Bancário humilde durante o dia, trabalhava na antiga Rádio Guairacá  à noite e, nos finais de semana,  biscates no Jóquei Clube do Paraná.

Apesar dos salários que papai recebia nos três empregos, as finanças domésticas eram sempre escassas. Era muito difícil alimentar, vestir e educar cinco  marmanjos, e sabemos todos nós como é difícil, principalmente, alimentar machos em fase de crescimento. Mas criança é criança, e sempre espera uma oportunidade para desenvolver suas maquinações, folguedos e festejos.

A cada dois ou três meses sempre tínhamos alguma festividade para comemorar. Quando não era do grande clã familiar, éramos nós em particular que nos recônditos de nossas almas infantis aguardávamos o festejo de nossos natalícios.

Aniversário... Que coisa gostosa!!! Era quando a nossa mãe com todo o seu carinho e afeto,  preparava pelo menos um bolo para nos brindar na caminhada por essa Terra de Deus.  Era e ainda é, o dia em que somos lembrados por nossos parentes e amigos.

É o dia que identifica o nascer nos planos terrenos. Marca que pessoalmente trazemos como o registro próprio de princípio do nosso caminhar nas sendas de Deus.

Acordávamos pela  manhã com um sorriso... “Deus fez este maravilhoso dia especialmente para mim, esta é mais uma oportunidade que tenho para ser feliz”.

 Levantávamos cedo, até arrumávamos nossas tralhas sem que fossemos cobrados por isso... O dia é especial, e até parece que todo o Universo conspira a nosso favor. Alguém sempre lembra desta data e o mais importante, sei que serei lembrado !!!

Segundo os numerólogos, astrólogos e outros “logos”  é praticamente impossível fazer um mapa sem a identificação desses registros.

Nosso dia é especial e tem de ser perfeito, pois os olhos de todos nos observam agora como um ser individual que compõem e conspira com o universo, que também se  lembra de nós como um todo.

JuCerSa

Mensagem de Buda:
Não deveis crer em algo meramente porque seja dito; nem em tradições porque vêm sendo transmitidas desde a Antigüidade, nem e rumores; nem em textos de filósofos, porque foram estes que os escreveram; nem em ilusões supostamente inspiradas em nós por um Deva; nem em ilações obtidas de alguma suposição vaga e causal; nem porque pareça ser uma necessidade análoga; nem deveis crer na mera autoridade de vossos instrutores ou mestres.

Entretanto, deveis crer, quando o texto, a doutrina, ou os aforismos forem corroborados pela vossa própria razão e consciência. Por isso vos ensinei a não credes meramente porque ouvistes falar, mas quando houverdes crido na vossa própria consciência, então devereis agir de conformidade e intensidade.
Saddock
Enviado por Saddock em 21/06/2006
Reeditado em 19/09/2012
Código do texto: T179908
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Saddock
Curitiba - Paraná - Brasil, 61 anos
53 textos (3750 leituras)
4 áudios (615 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:41)
Saddock