Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Desabafo Momentâneo

Estou novamente no mundo das letras para tentar escrever algo produtivo, que seja agradável aos olhos de qualquer pessoa. É uma tarefa difícil escrever aleatoriamente, mas é o que me resta. Estou em carência de assuntos para crônicas. Ahh... Já sei! Tenho que fazer um desabafo. Posso lhe alugar um pouco? Obrigado.

O meu estado agora é de conformismo, junto com um pouco de desespero e uma pitada de paixão. Não sei se é a combinação perfeita para o resultado de uma boa crônica, mas com algum orgulho próprio e ousadia você consegue grandes feitos; não feitos heróicos, mas fundamentalmente feitos morais. Acho que dá também pra uma crônica.

Andei notando muito as pessoas que me cercam, e uma conclusão unânime se formou dentro de mim: a maioria delas não merece minha consideração. Já deixei muitas conversas animadas com grandes amigos à beira da piscina para dar um ombro acolhedor a quem me pedia; já corri na chuva sabendo que iria me resfriar, para simplesmente ajudar a alguém; já perdi feriados inteiros exercendo a profissão de psicólogo com grande gosto, e, acima de tudo, já perdi muito tempo com pessoas que eu amava. Supostamente amava.
Pessoas que eu amava... Estranho falar nisso tudo agora. Amar é uma expressão muito forte em certas ocasiões, mas não nessa. Até agora ninguém havia me apunhalado pelas costas e ferido minha índole, então, para que eu deveria me preocupar?

É, mas agora a situação muda e meu sentimento também. Não sei se mudam para pior, mas com certeza meu comportamento mudará. Não sou vingativo nem mal educado, mas... Não deixarei de perdoar: imaturidade e infantilidade aos 19 anos existem aos montes, e essa não seria a única exceção. Com a verdade, tudo fica mais claro.
Parece-me que nesse momento eu mudei um pouco meu "estilo literário". Às vezes é bom mudar um pouco. Não se preocupem, voltarei a provocar sorrisos em minhas crônicas. Essa serviu somente como um desabafo. E assim finalizo esta crônica: com um ponto de interrogação buscando respostas no caminho da maturidade.
Lucas Peths
Enviado por Lucas Peths em 25/06/2006
Reeditado em 24/02/2008
Código do texto: T181845
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor, juntamente com o link/local em que a obra foi publicada originalmente). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucas Peths
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 26 anos
35 textos (16313 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:55)
Lucas Peths