Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA DOENÇA CHAMADA AMOR


SINTO-ME ESTRANHO...
ESTOU FELIZ
SINTO-ME CONFUSO...
COM O CORAÇÃO APERTADO
SINTO ALGO DOENDO...
E NÃO CONSIGO VER
MINHAS MÃOS TREMEM...
PORÉM ESTOU CALMO
MEU CORAÇÃO ESTÁ INQUIETO
MEU SUSPIRO FICA CADA VEZ MAIS RÁPIDO
SERÁ QUE ESTOU DOENTE?
E SE ESTIVER QUAL SERÁ A MINHA CURA
FICO PENSATIVO...
QUANTO TEMPO AINDA ME RESTA...
ACALMO-ME
AO SABER O NOME DA DOENÇA
ENTRISTEÇO-ME
POIS NÃO TENHO A CURA
ALIVIO-ME
QUANDO ALGUÉM PERTO ME DIZ...
“AINDA HAVERÁ SALVAÇÃO”
“...”.
SOFRO DE UMA DOENÇA INCURÁVEL...
CHAMADA “AMOR”
CONTAMINEI-ME ATRAVÉS DE UM BEIJO,
QUE GANHEI DE UM SER MARAVILHOSO,
E MINHA ÚNICA SALVAÇÃO É TE-LA NOVAMENTE,
ESSA DOENÇA É TERRIVELMENTE CONTAGIOSA,
SEU SINTOMA É DE UM SENTIMENTO,
PROFUNDO E VERDADEIRO...

POR ISSO E OUTRO MOTIVO PODE SE DIZER...
O AMOR MATA...
PORÉM SE TRATADA A TEMPO, ELA;
SE ACALMA E APENAS FORTIFICA

anjinho
Enviado por anjinho em 25/06/2006
Código do texto: T181869
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
anjinho
Joinville - Santa Catarina - Brasil, 33 anos
6 textos (525 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:02)
anjinho