Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chegada no céu...

                           José Justino chegou no céu queria logo falar com Deus. Queria saber o porquê de tanta maldade, de tanta injustiça na terra. Aproximou-se logo dizendo: Escuta meu senhor, desde que me puseste no mundo tenho visto de tudo quanto é tristeza. Logo cedo, ainda criança, vi meu pai matar e morrer, minha mãe virar mulher da vida e minha irmãzinha ser maltratada. Quando virei rapaz, conheci uma moça linda, olhos castanhos, cabelo longo e não mais formosa quanto pode, logo, vi meu amor ir direto pro buraco, me traindo com meu melhor amigo. Mas, me casei. Mulher mais feia não existiu nesse mundo. Na boca só um dente, seis dedos num pé e no outro, nem pé não tinha. Careca, chata, manca, vesga, fedida, preguiçosa, gorda e me traia com qualquer um. Na seqüência, só melhora. Um filho lindo, forte, respeitador, mas que logo na mocidade virou viado. Quando velho, abandonado e com fome, desempregado, enganado, doente e triste. No fim da vida, morte pior não poderia ter. Na fila do SUS, esperando consulta, câncer, dor, pressão, dor de cabeça, dor de perna, dor, dor. Por isso meu senhor, estou aqui, esperando pela sua graça, uma resposta, uma explicação, um afago por favor! E então, Deus olhou bem em seus olhos, levantou-se de seu trono e, num gesto majestoso, colocou sua sombra sobre ele e disse: Ao leitor dessa história, sinto muito... a conversa realmente existiu... Mas quanto ao referido... Só Deus sabe...
Gilmar Takano
Enviado por Gilmar Takano em 27/06/2006
Reeditado em 14/01/2008
Código do texto: T183160
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gilmar Takano
Londrina - Paraná - Brasil, 40 anos
19 textos (2515 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:18)
Gilmar Takano