Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando a transa não começa bem...

Uma mulher consciente, que ame o seu parceiro, ou que, pelo menos, não tenha dúvida sobre a sua ação, ou seja, que tenha certeza de que esteja fazendo sexo com uma pessoa da sua escolha e agrado, pode reverter uma situação constrangedora, no início de uma relação sexual, quando parece que as coisas não vão rolar bem - consigo ou com o parceiro.

Nessa hora, quando alguma coisa falha, não há que se desesperar. Talvez aí vá bem uma pausa, um recomeço, e até uma conversa com ele ajude a descontrair. Falar sobre as suas curiosidades e fantasias pode dar certo.

A tentativa de fazer algo que o surpreenda funciona, de dizer o que te dá prazer, por exemplo. Falar sobre preferências não é nada vulgar. Quebre preceitos machistas que dizem que mulheres que falem abertamente de sexo não merecem respeito.

Por outro lado, para muitas mulheres dar prazer ao parceiro é fundamental, mas nem sempre pensam no seu próprio. Descobrir o que dá prazer e buscar isso não é crime. Vá a luta. As vezes é uma questão de carinho seu ou dele, Se o parceiro não for carinhoso, ensine isso a ele ou se ele não souber encontrar o seu ponto G, leve a mão dele até lá. A pele é mágica e gosta de toque leves..

Pesquisei por aí algumas dicas e que caem sempre bem na hora na transa, nas preliminares ou nas horas que antecedem o momento do amor. Também servem para os homens. Veja:

- Tente dizer algo bem baixinho no pé do ouvido, certas palavras são muito bem-vindas nesta hora.

- Se o seu corpo está meio forma de forma, e isto lhe incomodar, use meia luz.

- Um perfume é sempre sedutor, assim como uma lingerie bonita e pequena.

- Uma taça de vinho antes sempre descontrai, assim como uma música suave e em meio tom.

- Se a transa não estiver boa mesmo (há sempre arrependimentos tardios) pense em alguém, que está como o Tom Cruise, com o garotão da novela das 8h – esse “viagra” instantâneo geralmente funciona e garante até um final feliz – mas não diga nada ao parceiro sobre isso.

- Esquecer as questões do dia-a-dia e também assistir a um filme mais quente é sempre interessante.

- Quebrar a rotina, principalmente para casais casados, é muito excitante: Jantar fora, a sós, e depois esticar até um motel, mexe com a libido de qualquer uma. Experimente!
Joelma di Ferrarezi
Enviado por Joelma di Ferrarezi em 11/07/2006
Código do texto: T191676
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Joelma di Ferrarezi
São Paulo - São Paulo - Brasil, 47 anos
10 textos (759 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:03)
Joelma di Ferrarezi