Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

As palavras de Julian

...Hoje pela manhã, as palavras do professor me feriram gravemente.
...Não por serem agudas, muito menos pontiagudas. Mas sim porque eram verdade.
...Eram a verdade que tanto conheço.
...As palavras do professor me feriram gravemente, e estava nublado...
...Como se não bastasse, estava nublado!...como se AINDA não bastasse, é fim de ano e essa verdade se faz mais presente.
...Pouco depois dali, continuei não esquecendo e sentindo aquele ferimento profundo que não sangrava...mas doía como o corte mais aberto ou a bala mais avassaladora.
...Aquele ferimento se agravava ainda mais com o balanço do ônibus...e todos ali não sabiam da minha dor.
...Ninguém ao menos percebeu que eu estava ferido.
...Foram as palavras do professor que me feriram gravemente.
...E como se não bastasse, estava nublado e era fim de ano
Caméra
Enviado por Caméra em 29/05/2005
Código do texto: T20658
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caméra
Salvador - Bahia - Brasil, 31 anos
1 textos (47 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:38)