Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARQUIVOS IDENTIFICADOS

   

   Ontem rebuscando as páginas da memória, encontrei uma que me levava à Ria de Aveiro, à beira d´ água sorrisos e alegrias, bem me faziam lembrar de uma foto ali tirada que eternizava esse encontro.

   Busquei mais e ali achei nos arquivos do computador, estava lá , e mais, me lembrava dos almoços e das algazarras daqueles dias, passaram-se  tantos anos e ainda me lembro da amiga que disse nunca deixaria de ser minha amiga.Veio-me a lembrança de uma amiga da adolescência.

  Um dia revirando a memória lembrei de seu telefone, a tecnologia havia acrescentado mais dois dígitos, mas foi fácil de decifrar pela localização de sua casa. liguei, era dela o telefone, mas sua condição de vida que já não era má , ainda havia melhorado e não havia mais lugar para uma amiga como eu, não tinha nada do que ela gostava agora e assim eu poder  lhe  oferecer.  Tais como festas e badalações.

  Sou recatada e circunspeta aos meus hábitos, mas gostei de vê-la e saber que estava viva e bem  com seus  filhos e  esposo, tudo perfeito. Apenas de suas amigas esqueceu. Isso não é bom, amigos não se esquecem é parte de nossa memória.

   Um ser sem memória é um ser sem o aprendizado necessário para novas experiências, pois a vida é um laboratório, hoje se vive uma cena desse buscar e amanhã na memória vamos achar. Para então erros não cometer ou se o cometermos viveremos a experiência de suas conseqüências.
 
   Agora escrevendo a minha amiga, espero  que seu número não tenha trocado.Na telefonia pude acrescentar dois algarismos e minha amiga reencontrar, mas a você querida amiga se o e-mail não for mais o mesmo sinto muito,  em minha memória  vai ficar de hoje em diante sem qualquer registro seu.
 Escreva por favor, se seu e-mail ainda for o mesmo.
Sua amiga.
Denise Figueiredo
Enviado por Denise Figueiredo em 02/08/2006
Reeditado em 20/11/2009
Código do texto: T207271

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite e o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Figueiredo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 67 anos
313 textos (14442 leituras)
16 áudios (2928 audições)
5 e-livros (193 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 06:09)
Denise Figueiredo