Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Espera



Cheguei cedo para te ouvir.
Esperei, vaguei e encontrei o silêncio.
A sua ausência me fez sentir o eco do grito e o chocalhar do seu coração.
Eu ouço seu incômodo, mas não escuto nada.
Sei que a saudade está em algum lugar
Nesse vão escuro que tua presença se oculta.
Só não sei onde foi parar.
Ela está num orbital onde o exato não existe
E nem a razão persiste
Em entender a voz inaudível do meu comboio.
Cheguei tarde, restaram-me estas palavras mudas, silenciosas e poderosas a ponto de penetrar seu corpo como um feixe de luz e residir na tua alma.
Se a saudade não se identifica, a dor vem e fica.

Daniel Pinheiro Lima Couto

03/08/06
Daniel Couto
Enviado por Daniel Couto em 04/08/2006
Código do texto: T208677

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Daniel Pinheiro Lima Couto). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Daniel Couto
Curitiba - Paraná - Brasil, 34 anos
110 textos (6652 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 06:19)
Daniel Couto