Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falando com gatos

     Ora bem. Aqui há uns meses atrás, quando eu e meu marido apenas vivíamos em união de facto em casa do meu tio, tínhamos uma gata chamada Xana (e aproveito para lembrar que em Portugal, Xana é diminutivo de Alexandra, e nada mais).
Já tínhamos a Xana há bastante tempo, e antes de eu me juntar com meu marido, ela ficava sempre comigo no quarto, dormia comigo, fazia-me companhia.
     Com o passar do tempo fui aprendendo a conhece-la e a notar os seus comportamentos. O tempo passou e algum tempo após ter conhecido o meu marido, ele veio morar comigo.
Certo dia, a Xana veio à sala e miou (tal como qualquer gato normal), e eu disse para o meu marido que ela não tinha comida. Ele ficou sério a olhar para mim e me perguntou como sabia eu que ela não tinha comida, se nem me tinha levantado para ver. Quando eu lhe respondi que sabia disso pelo miar dela, ele riu na minha cara e me perguntou se agora eu falava com gatos. Me chamou de Dra Doolittle e que eu era louca.
     Agora me digam… qual  é a dúvida?
     Não entendo qual é o mistério desta questão? Já ouvi vezes sem conta os homens dizerem qual sabem o problema do carro só pelo barulho do motor. Simplesmente colocam o carro para trabalhar e saem-se com as famosas “precisa de óleo”, “precisa de água”, “o filtro está sujo” ou “o carburador tem problemas”. Que eu saiba, os carros também não falam!
     É normal que, após meses de convivência, eu pelo entoar do miado da minha gata, saiba se ela quer comida, se tem sede, se quer que eu lhe abra a janela, se tem a areia suja, se vem alguém de casa a subir as escadas, se quer mimos ou se apenas quer privacidade para fazer a sua higiene. Sim, eu sabia reconhecer tudo isto no miar da minha gata, e depois? Agradeço que não me passem um atestado de estupidez por eu apenas entender a minha gata.
     Não me chamem de burra porque sou sensível a certos sinais que vocês não compreendem, nem buscam compreender!
     Se entender um carro é certo e entender uma gata é errado, deixem-me com os meus erros, muito obrigado!




Esta é a minha primeira crónica. Por favor comentem, obrigado!
Gasosa
Enviado por Gasosa em 15/08/2006
Código do texto: T217024
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gasosa
Portugal
60 textos (4071 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:12)
Gasosa