Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se conselho fosse bom, não se dava se vendia.

Ultimamente o que mais vejo são as pessoas palpitando sobre a vida alheia: coma menos, viaje mais, malhe bastante, beba água, vista roupas mais ousadas, corte o cabelo, enfrente seus medos, dirija ao invés de ser carona, não se apegue, estude, beba mais, saia mais, fale menos...
Mas não vejo ninguém elogiando ninguém: que linda sua roupa, você é tão inteligente, você vai conseguir tudo que almeja, valeu por ter trabalhado até tarde, obrigada pela ajuda, você é bela naturalmente, só você mesmo que poderia ter me dado aquela dica...
É fácil enfatizar os defeitos das pessoas e ignorar suas qualidades. Afinal, ser "perfeito" é uma obrigação e não mérito, não é verdade?
Tudo isso nos coloca para baixo, pois é impossível ser uma pessoa de acordo com os ideais que a sociedade nos impõe. Nessa busca pelo que seria o "modelo" esquecemos quem realmente somos. Perdemos o foco, o rumo de nossas vidas.
O que esquecemos nessa estória toda é que o que é bom para um, nem sempre é bom para outro: a roupa sexy da sua amiga não é a que combina com você, o carro maneiro que seu amigo tem não é o que você curte, o restaurante que seus amigos freqüentam, não é o que agrada ao seu paladar...
E muitas vezes, por medo de sermos rejeitados pela sociedade, acabamos por fazer coisas que não queremos fazer ou não nos deixa confortáveis.
Parece que só é certo, fazer o que a "sociedade" aprova. E se você quiser ser você, acaba se sentindo como se fosse a rebelde, ovelha negra.
Não estou dizendo que façamos coisas para magoar as pessoas ao nosso redor. Pelo contrário, é simplesmente sermos quem somos e a sociedade que nos respeite! Quem não gostar que reveja seus conceitos!
Então se lhe agrada, largue o salto e vá de all star!


Publicado no blog http://engracadosenaofossetragico.blogspot.com
Priscilla Mansur
Enviado por Priscilla Mansur em 02/05/2010
Reeditado em 03/06/2010
Código do texto: T2233020

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilla Mansur
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 31 anos
71 textos (3083 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/14 19:30)
Priscilla Mansur



Rádio Poética