Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amor é uma Conquista Diária

“Tudo começou quando éramos jovens, nos conhecemos num dia de domingo, o sol estava mais belo do que nunca, os raios se perdiam entre as árvores, uma brisa suave tocava a minha face.
Quando o vi pela primeira vez, não foi amor à primeira vista, o vi apenas como uma pessoa qualquer, um jovem que estava a procura de aventuras. Mas os seus olhares sempre viam de encontro aos meus, não dei a mínima importância.
O dia passou depressa, o sol estava se pondo no horizonte, as pessoas foram indo embora, mas eu fiquei ali admirando a beleza da natureza. Não percebi que ele continuava ali, me observando, até que sem ao menos eu esperar, ele veio e sentou-se ao meu lado.
Ficamos conversando durante horas, até que resolvi ir embora, mas ele com seu jeito carinhoso perguntou-me: - Poderia ter o prazer de te ver novamente? Sairmos juntos?
Desde então nos encontrávamos todos os dias; ele era incrível, me ensinou a ver a felicidade nas simples coisas da vida, me ensinou a amar de verdade.
Mas o destino traçou caminhos diferentes para nós, fui embora daquela cidade, mas a saudade e o sofrimento de deixá-lo para trás me maltratou por anos. Não tive mais notícias.
Fui tentar viver a minha vida, entrei na universidade, conheci novas pessoas, mas sempre ao entardecer lembrava dele, do seu sorriso, e do nosso amor.
Passaram muitos anos, era uma médica e me dedicava a cuidar dos anciãos de um asilo na cidade em que morava; até que então recebi uma proposta para trabalhar na cidade onde vivi toda a minha juventude.
Lembro-me como hoje, o dia em que voltei, estava com 30 anos, mas não tinha esquecido do grande amor da minha vida, pensava que não poderia mais encontra-lo; no entanto o destino juntou novamente nossos caminhos.
E tudo aconteceu como um flashback, no mesmo local, e em um dia de domingo, nos encontramos por um acaso. Finalmente, pensava, tinha chegado o momento de ficarmos juntos para sempre. E assim foi, tivemos filhos lindos, uma vida magnífica. Mas com o passar do tempo, as lembranças deixaram de existir em sua memória.
O desespero voltou a me atormentar, o meu amado estava com o mal de Alzheimer, mesmo ele esquecendo de tudo o que vivemos, e do amor que existia entre nós, eu ainda o amava.
Aprendi a conquistá-lo todos os dias, mesmo sabendo que amanhã ele já não lembraria nem mesmo minha face, mas ainda sim o ensinava as maravilhas do amor, e contava toda a nossa história.
Fui ficando doente, afinal já não era a moça jovem e saudável de antigamente, tive nas mãos de meus filhos ajuda para viver e faze-lo feliz.
Em uma bela tarde, meus filhos nos levaram para passear no parque, e algo me dizia que
aquele seria o último pôr-do-sol que via.”

Essa é uma das mais belas histórias de amor que conheci, era incrível como minha mãe amava intensamente meu pai. Nesta tarde em que estávamos no parque, os dois abraçados olhando o pôr-do-sol, fecharam os olhos eternamente. A tristeza tomou conta das nossas vidas, mas eles nos ensinaram, que o maior tesouro da vida é o Amor, com ele superamos todos os obstáculos do destino.
Minha mãe sempre dizia, que o amor nasce hoje, mas precisa ser regado todos os dias para durar a vida inteira, é uma conquista diária. E ela conquistou o seu grande amor todos os dias, até a morte leva-los daqui.
MayaraS
Enviado por MayaraS em 04/09/2006
Reeditado em 30/01/2009
Código do texto: T232888

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MayaraS
Campina Grande - Paraíba - Brasil
94 textos (8225 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:33)