Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" A mulher mais mentirosa do mundo "

Evaldo da Veiga



Mentia sobre os mais variados temas: saúde, esporte, educação, religião, bondade, leitura... Era, sem dúvida, sobremaneira eclética.
Eu gostava dela, e até acho que ela só mentia pra mim. O amor e sua diversidade...
No primeiro ciclo de convivência disse-me que a válvula mitral do seu coração estava quase que completamente fechada; que o médico dissera que só faltava um pouco...
No segundo ciclo, disse que estava com tuberculose e depois da separação, escreveu: “minha saúde é muito frágil, o que complica a situação: meu fígado, meus rins, meu coração, estão muito frágeis e tenho um sistema imunológico muito fraco, tudo isso torna muito difícil o tratamento”.

Em verdade, ela subia escadas, dirigia carro, andava pra cá e pra lá, longe e perto, visitava  amigas, mas pra im dizia: “sinto muito cansaço e estou na base de remédios fortíssimos, que não me deixam dormir e tenho que ter muito repouso, tanto físico como psicológico”.

Esta mulher hiper mentirosa produziu-me um stress acentuado em várias ocasiões, mas eu gostava dela. Às vezes, ELA virava peça humorística debochando e ridicularizando a própria saúde, fazendo uma caricatura de si mesma.

Convivi com mulheres de todos os tipos, e essa era assim. Mas apesar de mentirosa, tinha inúmeras qualidades e foi bem amada. É um grave crime de omissão não amar a mulher que também convive com os nossos inúmeros erros. Mulher nasceu pra ser amada. E o amor, torna a mulher bem especial, e ELA ainda o é.

N _ Imagem, Tela do Salvador Dali

evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 06/09/2006
Reeditado em 08/11/2010
Código do texto: T233845

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313610 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:22)
Evaldo da Veiga