Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Olhos Vendados (Complementar a crônica Regra Invisível)

Olhos Vendados
 
Cada dia que passa aumenta o número de pessoas insensatas nas plataformas do metrô de São Paulo. Enfrentamos diariamente grande aglomeração de indivíduos adentrando de forma violenta nos vagões do trem, já não existe mais horário de pico, percebemos as plataformas abarrotadas de gente em vários horários do dia, porém o que é inadmissível e ver pessoas aguardando e entrando nos trens pela plataforma central (Metrô Sé), intitulada como área de desembarque, e são gente de todo tipo (homens, mulheres, adolescente, de aparência mais humilde, de aparência executiva). Enfim, não existe um perfil definido para a leviandade, para os que tentam tirar proveito da situação e infringir as regras, o erro não tem face, mas personalidades em comum. Paralelamente vemos pessoas idosas, com dificuldade de locomoção sendo espremidas na área de embarque. Isso é deprimente.
 
Temos que retirar as vendas dos nossos olhos e deixarmos de fingir que não vemos estas situações em nosso dia a dia, temos que expor para estes indivíduos que estão errados, temos que contar com o suporte dos profissionais do metrô para inspecionar e reverter esta situação.
 
Alguns podem achar que não vale a pena, e que as coisas não tem mais jeito, tenha você coragem de dar o primeiro passo, demonstre indignação diante de situações de injustiça, e retire sua própria venda.
Andy Góes
Enviado por Andy Góes em 06/09/2006
Código do texto: T234017
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Andy Góes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 38 anos
19 textos (18799 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:18)
Andy Góes