Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUARENTAS





          QUARENTAS


O QUE FAZER QUANDO SE ESTÁ NA PONTE RIO-NITERÓI?
ÀS 22:00HS DE SEXTA-FEIRA NUM TEMPORAL
PRÁ NOÉ NENHUM BOTAR DEFEITO, NUM TRÂNSITO TOTALMENTE ENGARRAFADO...
TESTE QUE PRA ATÉ UM ALTO MONGE A PACIÊNCIA DESTROI.

JÁ TIREI OS SAPATOS, OUVI AS  ÚLTIMAS NOTÍCIAS DO REPÓRTER CBN, LIGUEI PROS AMIGOS, PRA ESPOSA, E AGORA O QUE FAZER DENTRO DO MEU CARRO?;
-DETALHE..., A BATERIA DO CELULAR ESTÁ ACABANDO E O COMBUSTÍVEL TAMBÉM ESTÁ NA RESERVA...
QUE BELEZA HEIM, QUE BELO FIM DE NOITE EU ME AGARRO?!.

DEPOIS DE OUVIR A MÚSICA DOS TITÃS, LEMBREI DE LIGAR PROS MEUS FILHOS, MAS AMBOS ESTAVAM FORA da ÁREA DE COBERTURA;
A CHUVA DIMINUI E AS PESSOAS, PROVAVELMENTE, CLAUSTROFÓBICAS SAEM DOS CARROS E SE ENCONTRAM NA PONTE PRA FALAREM DE TUDO, DO NADA E DO ÓBVIO SEM CENSURA.

PERCEBO QUE A PONTE TREME  E NADA SE MOVE,
APROVEITO PARA OUVIR UMA BOA MÚSICA QUE ME COMOVE.

MAS DEPOIS DE UMA SEMANA DE SENSAÇÃO TÉRMICA DE MAIS DE 40 GRAUS, EU NA ALTURA DOS MEUS MAIS DE 40 ANOS..., PARADO AQUI SEM TREMER E SEM PODER ME MOVER...?



ALGUNS OUTROS HOMENS QUE VIAJAM EM VANS, NÃO SUPORTANDO MAIS AQUELA INÉRCIA, RESOLVEM DESCER A PÉ ATÉ A AVENIDA BRASIL;
TALVEZ EM VÃO BUSCAM QUALQUER OUTRA SOLUÇÃO,
EU VOU FICANDO POR AQUI NA  MINHA VÃ FILOSOFIA DE UM PENSAMENTO VAZIO...

DE TER QUE TER QUE ESPERAR
O NÍVEL DA ÁGUA BAIXAR.

POR MAIS DE 40 MINUTOS ESTOU PARADO SEM PODER ME TRANSPORTAR NUMA VIA ONDE A VELOCIDADE EXPRESSA:

SESSENTA, PARA NÃO FICAR CANSADO;
SE TENTA, MAS PARA ONDE  IR?;
OI TENTA É O QUE SE PODE PERMITIR.

E ATÉ LÁ,
O QUE VOU FAZER?
PRECISO ME MOVIMENTAR.
O FAROL DAQUELE NAVIO ANCORADO...
O QUE ELE QUER ME DIZER?
SERÁ QUE DEVO FICAR PARADO?
E SE OUSAR?
MEU COMBUSTÍVEL VAI AGUENTAR?
PRECISO ESSE ESTADO DE COISAS TERMINAR!.

MAS COMO É DO MEU PERFIL
VOU TER QUE DAR UM BOM FINAL,
AFINAL, SEMPRE FOI ASSIM DESDE OUTROS TEMPOS MIL.

NO MOMENTO EM QUE NÃO SEI O QUE ME ESPERA.
OUÇO A VOZ DO INCONSCIENTE QUE ME DIZ: NÃO TE DESESPERA.

VEJA SÓ , É QUASE OUTRO DIA,
O SOL ESTÁ NASCENDO, O TRÂNSITO COMEÇA A FLUIR,
É HORA DE PARTIR.

PARA OS QUE CONHECEM VÁRIOS CAMINHOS;
NUNCA SE SENTEM SOZINHOS,
NÃO FICAM PRESOS NUM TEMPO PARADO;
E SEMPRE ESCOLHEM A DIREÇÃO MELHOR;
BENFICA, FICA BEM, DESVIA-TE  DO PASSADO;
AJUDA AOS QUE ENCONTRAS NA ESTRADA,
RUMANDO PARA UM MUNDO MAIOR.

PEDRO FERREIRA SANTOS
EM 27/01/2006, NUM ENGARRAFAMENTO  IMENSO NA PONTE RIO-NITERÓI.
Petrus
Enviado por Petrus em 19/09/2006
Código do texto: T243727

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Pedro Ferreira Santos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Petrus
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
173 textos (26456 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:40)
Petrus