Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

" Mulher, vida e amor, e as eleições"




Que bom comungarmos o mesmo propósito de ternura e ideal.
Tudo está errado na vida do país, e isso incomoda 
sobremaneira, mas perder a esperança, jamais. 
Quem sabe hoje, a iniciativa do povo comece a destruir
 o caminho da corrupção, tal quais as dinamites dos Federais destroem as pistas de pouso do narcotráfico?
A corrupção amplamente instalada no governo é tão nociva 
quanto o  tráfico de drogas, de armas, assaltos e assassinatos,
porque ela existindo não há com  combater os outros crimes .
E por pior, a corrupção está brindada por muralhas de mentiras, hipocrisia e cinismo, de tal forma, que grande parcela do povo
 não consegue distingui-la. 
Estamos vivendo o mais miserável e maldito momento político brasileiro. Quando a democracia foi sufocada, 
o povo permanecia unido no propósito de liberdade.
 E agora, esse maldito momento conseguiu através das mais sórdidas manobras camufladas, dividir a interpretação de honestidade, fazendo até que uma parte do povo seja hostil à outra. O momento e gravíssimo, mas manter a esperança é imprescindível. 
Vamos amor, vamos para as urnas logo cedo,
ver a cara do povo e juntar energias de redenção.
 Na volta pra casa, à primeira coisa a fazer é dar umazinha bem legal, praticando o carinho bem gostosinho, à ternura, 
e ficar leve e solto para manter a esperança,
 em dias melhores para o Amor e para a Nação.


evaldodaveiga@yahoo.com.br
Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 01/10/2006
Reeditado em 29/10/2006
Código do texto: T253530

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313613 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:13)
Evaldo da Veiga