Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os próximos quatro anos
Vincent Benedicto


Parte da história de Napoleão, contada por Voltaire Schilling diz que: “A estratégia de Napoleão ao atacar o Egito era atrair a Inglaterra para fora das Ilhas Britânicas, bloqueando-lhe o contato com seu império indiano. Azucriná-la bem longe de casa era sua meta. Evidentemente que o jovem general imaginava-se um outro Alexandre, tão moço e tão audacioso como ele. Napoleão - tal como o conquistador macedônico (que levara, em 334 a.C., um conjunto de especialistas e de filósofos gregos para estudar o Oriente) - queria somar à conquista militar os ganhos científicos que iria revelar ao mundo. Ao abrir o Egito aos olhos da Razão, esmiuçando-o com as lentes cartesianas, a ciência européia iria afastar as milenares teias de aranha e o pó sagrado que envolviam o passado daquele magnífico país, classificando os achados e recompondo-os pelo crivo crítico das Luzes.

Na época do Renascimento, muitos pensadores e filósofos, como Marcílio Ficino e Giordano Bruno, sentiam-se atraídos pelo seu mistério, pela escrita hermética que se acreditava provir de lá e pelos seus indecifráveis hieróglifos (tidos por muito como alfabeto de Deus). Nada disso desejava Napoleão. Nem mistérios, nem catar almas danadas vagando pelas tumbas ilustres, nem tentar desvendar segredos insolúveis. Isso era coisa para hierofantes e para místicos. Orientou seus sábios para que tudo o que fosse encontrado nas areias e nas tumbas do Egito fosse arrolado, estudado e classificado segundo os últimos recursos da ciência. Fugia-se da superstição e do ocultismo. Acreditavam os cientistas que aquilo que não se sabia no momento seguramente seria revelado no futuro”.
Exatamente assim foi o que aconteceu no governo do PT. O que não se sabia no momento em que Lula e o PT, ou vice versa, tomaram posse da Presidência da Republica, foi descoberto posteriormente.

Ontem 08/10/2006, fiquei surpreso com o desempenho do boxeador político Geraldo Alckmin – em minha opinião ganhou o debate de lavada – contra o nosso honrado Presidente da República Luis Ignácio Lula da Silva – trazendo à tona toda podridão escancarada desse governo e mais uma vez Lula saiu pela tangente dizendo que não sabia de nada.

Agora vejamos. De um lado temos o beato (Opus Dei), conservador, médico, ex-administrador político da maior cidade do país com as caracteristicas abaixo:

Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho, conhecido como Geraldo Alckmin, (Pindamonhangaba, 7 de novembro de 1952) é um médico e político brasileiro e foi governador do Estado de São Paulo entre 2001 e 2006. Alckmin é o candidato à presidência da República em 2006 pelo PSDB.
É casado com Maria Lúcia Ribeiro Alckmin e tem três filhos. É formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Taubaté, com especialização em anestesiologia, no Hospital do Servidor Público do Estado de São Paulo.
Com dezenove anos, ainda no primeiro ano da Faculdade de Medicina, filiou-se ao antigo MDB (Movimento Democrático Brasileiro). Iniciou sua carreira política elegendo-se vereador no município paulista de Pindamonhangaba em 1972. No primeiro mandato, foi escolhido presidente da Câmara Municipal. Alguns anos mais tarde, em 1976, foi eleito prefeito de Pindamonhangaba, exercendo mandato de seis anos. Foi também deputado estadual, deputado federal e vice-governador de Mário Covas em 1994, e entre 1991 e 1994, foi presidente estadual do PSDB em São Paulo. Ainda no seu segundo mandato de deputado federal, Geraldo Alckmin foi autor do projeto [1] que se transformou na Lei 8078/90, o Código de Defesa do Consumidor, que apresentou para apreciação do congresso em 16 de novembro del 1988. Foi relator, na Câmara dos Deputados, do projeto que se converteu na Lei de Benefícios da Previdência Social. Também foi autor de um dos projetos que se converteram na Lei Orgânica da Assistência Social - Loas, e relator do projeto de lei que facilita e disciplina a doação de órgãos para transplantes. Tornou-se governador interino de São Paulo em 2001 quando a saúde de Covas ficou debilitada devido a um câncer na meninge. Empossado definitivamente no cargo com a morte de Covas, reelegeu-se em 2002. Fonte : Wikipédia
Para saber mais sobre seu passado político click no link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Geraldo_Alckmin#Rela.C3.A7.C3.A3o_com_empres.C3.A1rios

De outro lado... O nordestino sofrido, degustador de melaço de cana-de-açúcar, vendedor de ilusões, com cegueira crônica contra a corrupção, orador de karaokê com as caracteristicas seguintes:

Luiz Inácio Lula da Silva (Caetés, PE, 27 de outubro de 1945) é um político brasileiro e presidente da República desde 1º de janeiro de 2003.
Desde os tempos de sindicalista e em toda sua vida política é conhecido por sua alcunha Lula, que posteriormente foi adicionado como parte oficial de seu nome no registro civil.
Assumiu a presidência da República Federativa do Brasil no ano de 2003 com a maior votação da história do país (52,4 milhões de votos - maior votação recebida por um homem público até então), quebrando recordes de votação de todos os ex-presidentes brasileiros.
Foi candidato a presidente em 1989 (derrotado por Fernando Collor de Mello), em 1994 (derrotado por Fernando Henrique Cardoso) e em 1998 (novamente derrotado por Fernando Henrique Cardoso), tendo por fim ganho as eleições de 2002 (derrotando José Serra).
Lula é co-fundador, presidente de honra e filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT).
Lula é fundador e presidente desde 1990 do Foro São Paulo que coordena as organizações de esquerda da América Latina. Fonte : Wikipédia
Para saber mais sobre o passado político de Lula click no link: http://pt.wikipedia.org/wiki/Luiz_In%C3%A1cio_Lula_da_Silva

Sou consultor administrativo há 15 anos, e uma das coisas que mais aprendi a fazer em administração foi ajudar a tirar empresas da falência. Fiz um curso de gestão de administração e qualidade – em minha opinião um dos melhores cursos de gestão do mundo – o projeto de gestão Kaizen – criado por Masaaki Imai , nome esse que surgiu da junção de duas palavras japonesas, Kai(significa mudança) Zen (para melhor) – e uma das prioridades nesse projeto é a caça ao desperdício.

Uma das aplicações mais difícil do Kaizen é exatamente o começo da sua implantação, porque começa na presidência da empresa a caça ao desperdício.

O recado da estratégia do Kaizen é que nenhum dia deve passar sem que algum tipo de melhoramento tenha sido feito em algum lugar da empresa. Para resumir, seu maior objetivo é aumentar o lucro em 200% diminuir os gastos em até 60% usando somente o efetivo da empresa sem investimentos, até que atinja esta meta. (A única empresa brasileira que conseguiu um resultado aproximado foi a Mercedes Bens do Brasil ). Assim deveria ser na política! Você não acha?

Nenhum trabalhador consegue um emprego de alto nível numa empresa, sem antes passar por todo o processo de aprendizado. Estudos, conhecimentos e experiências, são fatores prioritários na admissão de um funcionário por parte das empresas. Que experiência tem o Sr: Lula em administração?
Quando se tem um administrador inexperiente na empresa, ele transforma-se em figura decorativa. Todos dão palpites, e aquele que tiver mais poder de persuasão acaba dominando a presidência. Assim acontece no governo Lula. Os homens “fortes” do seu governo caíram, eram corruptos, todos, sem excessão, o que é uma pena, não deveria ser assim, mas foi. Esse projeto de economia que aí está e a equipe dele vem monitorando apenas, não é dele! É do governo passado. Foi bom, ótimo, naquela época, mas está na hora de rever conceitos.

Três meses depois de ter deixado o primeiro escalão do governo Lula, o presidente da Câmara dos Deputados, Aldo Rebelo (PC do B), criticou o que chamou de ''exagero'' e ''claro abuso'' nos gastos em diárias de viagens de funcionários da União.
- O país não pode gastar R$ 1 bilhão em diárias para viagens de servidores e gastar um terço desse valor com todo o ministério da Cultura – disse ele.

Uma das coisas boas na política é isso. Enquanto ele jogava no mesmo time tudo era perfeito, correto, intriga da oposição etc... A partir do momento que rolou sua cabeça... Veio a podridão.
Quem não se lembra de Aldo Rebelo, que dificultou os processos de cassação de vários parlamentares? Mas hoje está reeleito!
Citando como exemplo apenas este, para não esticar o chiclete, sem contar outros que no passado fizeram o que fizeram e vão mamar de novo. Ôh! Teta boa que tem esse país viu! Só eu não dou uma sorte dessas! E assim é a política!

Sou suspeito em criticar, porque sempre me declarei contra o PT e a esse governo. Não vou citar a corrupção porque todos já sabem, e estou enojado com ela. Estou apenas emitindo minha opinião como administrador. Não se trata de gostar ou não desse ou daquele, mas sim de ver quem é quem e o que já fizeram em administração.
O Sr. Lula desde que entrou para a política nunca quis outro cargo a não ser o de Presidente da Republica. Talvez esteja aí o seu maior erro! Como político ele é ótimo! Tem o poder de convencer, vender ilusões, mentir descaradamente, sempre se omitir diante dos fatos, viajar de aerolula por todo o mundo, cuspir quando fala – e ainda fala errado – mas isso faz parte do seu personagem! Homem de origem humilde – como ele se intitula – nordestino sofrido, veio pra Sampa de pau de arara, filho de mãe analfabeta de nascimento – nunca vi alguém nascer alfabetizado – e outras aberrações que ele diz quando abre a boca. Você acha que alguma empresa admitiria o Lula como administrador? Como uma pessoa despreparada pode administrar um país? E o pior é que o poder corrompe! Como disse no passado o grande louco – que hoje não passa de um epitáfio da literatura – Nietzsche... "O poder dá o primeiro direito e não há direito que no fundo não seja arrogância, usurpação e violência". Esse é o retrato do Lula!

Os petistas que me perdoem, mas nesta não se trata de sigla partidária, da beatice do Opus Dei e conservadorismo de Alckmin, muito menos da arrogância, analfabetismo, falta de conduta e outros adjetivos relevantes contra Lula. Minha visão é administrativa.
Hoje, o candidato menos ruim, e mais preparado para assumir a Presidência da Republica... é Geraldo Alckmin.



Vincent Benedicto
Enviado por Vincent Benedicto em 09/10/2006
Reeditado em 09/10/2006
Código do texto: T260069
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vincent Benedicto
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
477 textos (144380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:29)
Vincent Benedicto