Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Simples Melodia

  Seis da matina desliga o despertador: mais cinco minutos. Sete horas da manhã, ainda dá tempo. Logo, já é hora de levantar e, aquela correria inicia a rotina. Rotina que se faz todos os dias do mesmo jeito que se acorda, deita.
Responsabilidade: palavra-chave, atenção: primordial, relógio: controle e, a tal da rotina.

Você viu o que está acontecendo no mundo? – perguntam.
Não – vem como resposta.
Aquela sorveteria que inaugurou no bairro é muito boa – comentam.
É? Quando? Onde? – sem complementações.
  Os detalhes se perdem. Aquela rotina engole o tempo e não se percebe, toma espaços e não se sente. Olhares, vontades, descanso são devaneios. A rotina acomoda, é companheira, igualmente exausta. No entanto, não há tempo para intervalos.

  Dia desses em uma das rotinas diárias, no embalo das pernas e dos pés frenéticos, pois o horário já passou e, no momento, o dever era resolver aquele “pepino” antes do próximo compromisso, vê-se: melodia e leveza. A suavidade, o pequeno detalhe distrai os olhos. A rotina foi quebrantada. O som da sanfona embala os passos leves da garotinha que com simplicidade dança de braços abertos, como quem diz: se entregue aos dias, contudo, antes conheça a vida!
  O olhar do sanfoneiro, encantado, admira a beleza da simplicidade e, a razão deixa de ser inconveniente, como se não houvesse as horas, apenas a música, a dança, os passos e a satisfação de somente dançar. Detalhes que fazem a rotina parar e por alguns instantes me perco e fujo do anormal, aprendendo a ser simples, ser alguém.
                                              05/10/2006
              Crônica inspirada em uma imagem (em anexo).
Líviaa
Enviado por Líviaa em 10/10/2006
Código do texto: T261052
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Líviaa
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 31 anos
12 textos (714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:32)
Líviaa