Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

de caras +

"ao longo do tempo"
No dia de hoje começa a semana, embora ainda esteja a continuar a dita série de crónicas ontem começada. Nada de pensar muito: a melhor maneira de proceder que, ao longo do tempo, encontrei para transpor ideias para a escrita.
Agradeço a quem colaborou procurando um título para o texto do poema, fica "amor expresso". Com aspas, a caricaturar o amor "tirado à pressão"...

+

de caras
Gostaria de saber que palavras dirias se soubesses quem era eu e como o saberias duma só vez??? Como? Quem? Quando?
"Ficaria como um cão que tivesse cheirado água no deserto e se olha-se no espelho das águas, perturbado em saber se ela seria uma miragem, a sua imagem!"
É estranho agora, voltar a pensar que isso não tem importância alguma!?
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 20/06/2005
Código do texto: T26214
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310487 leituras)
37 áudios (39565 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:05)
Francisco Coimbra