Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CRÔNICA DA PAIXÃO

CRÔNICA DA PAIXÃO

ÀS VEZES ME PEGO PENSANDO NA EXISTÊNCIA DO SER HUMANO. E NESSE VAI E VEM DE PENSAMENTOS, DE IDÉIAS, PERCEBO QUE ESTOU VIVO, E SINTO A NECESSIDADE DE RESPIRAR PARA PODER CONTINUAR EXISTINDO.
AH!!! EXISTÊNCIA!!! VÃ EXISTÊNCIA DA NECESSIDADE DE ESTAR AQUI VIVENCIANDO O DIA A DIA, VIVENCIANDO A GUERRA DA SOBREVIVÊNCIA.
AQUI ESTOU ESCREVENDO UMA CARTA DE AMOR. ESTA CARTA QUE DEVE LEVAR CARINHO, TERNURA, DESEJO, AFAGO, BEIJO, TERNURA. EXPRESSA AGORA DUVIDA, CRITICA, VERDADE ATROZ DA CONDIÇÃO HUMANA DE MORTAL.
CONDIÇÃO QUE TRAGO NO PEITO NA FRAGILIDADE DE PERDER ALGUÉM QUE ESTAVA JUNTO A NÓS E QUE NUM ESTALO DE DEDOS PARTIU. SENTIR QUE TUDO É FUGAS E QUE AQUILO QUE DEIXAMOS DE FAZER, PODE NÃO SER FEITO MAIS. NÃO QUERO PERDER-TE Ó AMADA QUERIDA. NÃO QUERO DEIXAR-TE E NÃO PODER MAIS SENTIR O CALOR DE SUAS MÃOS DE SEUS BEIJOS, DO SEU OLHAR.
SENTO NO CANTO DA SALA, NO CHÃO FRIO, BUSCANDO UM ACALANTO DA EXISTÊNCIA, QUERENDO VOLTAR AO PASSADO RECENTE, MAS DISTANTE DO INSTANTE DE NOSSO ENCONTRO. QUÃO ALEGRE INSTANTE, A UNIÃO DAS ALMAS SEPARADAS NO ESPAÇO TEMPO DESTA EXISTÊNCIA MOMENTÂNEA A QUE FOMOS SUBMETIDOS. NÃO EXISTE CÉU OU INFERNO, TERRA OU ÁGUA, ATMOSFERA OU ETÉREO QUE POSSA SUPORTAR TANTO AMOR. A ALMA ESTA SORRINDO E O CORAÇÃO BATENDO O RITMO DESVAIRADO DA PAIXÃO. AMO-TE, ESTA É A CONJUGAÇÃO VERBAL QUE ALIMENTA MEU SER. PERDER-ME AGORA EM VERSOS VÃOS, SE UM BEIJO CALA MINHA VOZ E ME FALTA O FÔLEGO. SUSPIRAR, SENTIR UM ORGASMO AO IMAGINAR-TE MINHA. POSSUIR-TE, APERTAR-TE JUNTO AO MEU CORPO RETESADO DE TANTO ARDOR POR TI. QUERO EXPRESSAR O MAIS PROFUNDO SENTIMENTO, AQUELE QUE TRÁS AS MAIORES EMOÇÕES QUE UM HOMEM PODE SENTIR. NÃO QUERO PARAR DE FALAR PARA NÃO DAR CHANCE A TI DE PENSAR NOUTRA COISA QUE NÃO SEJA NÓS. NAMORADOS UM DIA, NOIVOS, AMANTES, CASADOS APAIXONADOS E AMANTES, PAIS, APAIXONADOS E AMANTES. O QUE DIZER MAIS SOBRE NÓS, O QUE DIZER SE OS OLHOS JÁ DIZEM, JÁ EXPRESSAM AQUILO QUE TRADUZ O CALOR FORTE DA PAIXÃO, QUE FAZ TRANSPIRAR, QUE ESTREMECE E AINDA NOS CORA  – O FERVOR DO NOSSO AMOR.


B.HTE, 12/10/2005
JULIO A MARTINEZ
Enviado por JULIO A MARTINEZ em 12/10/2006
Reeditado em 07/03/2007
Código do texto: T262603
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JULIO A MARTINEZ
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
168 textos (8588 leituras)
1 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:46)
JULIO A MARTINEZ