Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escuta o Teu Mestre 4


                              4.

     O discípulo encontrava-se numa acesa discussão com os seus amigos, sobre o bem e o mal. O ser humano é bom por natureza, ou é o instinto agressivo que o orienta desde os primórdios da vida?
      O Mestre entrou na Sala da Reflexão e indagado que foi, respondeu:
- “Quando Leonardo da Vinci se preparava para pintar A Última Ceia, deparou-se com uma grande dificuldade. Precisava de pintar o Bem – na imagem de Jesus Cristo – e o Mal – na figura de Judas. Os modelos ideais não surgiam.
Certo dia, enquanto assistia à exibição de um grupo coral, viu num dos rapazes a imagem perfeita para o seu modelo de Jesus Cristo. Os traços da virtude, da piedade, do altruísmo, estavam naquela face. Convidou-o para o seu atelier, e reproduziu-o em esboços.
Passaram-se vários anos. A Última Ceia estava quase pronta, mas da Vinci ainda não tinha encontrado o modelo ideal de Judas. Pressionado que foi pelo cardeal para terminar com urgência o mural, viu-se obrigado a deambular pelas ruas, na busca do modelo pretendido.
Depois de muitos dias a procurar, o pintor encontrou um jovem prematuramente envelhecido, esfarrapado, bêbado, caído na sarjeta. Com dificuldade, pediu aos seus assistentes que o levassem até à igreja. O mendigo foi carregado até lá, sem entender bem o que estava a acontecer: os assistentes mantinham-no de pé, enquanto da Vinci traçava as linhas do pecado, da impiedade, do egoísmo, tão bem delineadas naquela face.
Quando terminou, o mendigo – já um pouco refeito da bebedeira – abriu os olhos e viu a pintura à sua frente. Num misto de espanto e tristeza, disse:
- Eu já vi este quadro antes!
- Quando? – perguntou da Vinci surpreso e incrédulo
- Há alguns anos atrás, antes de me roubarem tudo o que tinha. Nessa época cantava num grupo coral, tinha uma vida cheia de sonhos e um artista convidou-me para posar como modelo para a face de Jesus Cristo.”

O discípulo e os seus amigos meditaram. O Bem e o Mal têm a mesma face. Por circunstâncias várias da vida, depende apenas da época em que cruzam o caminho de cada ser humano.

                Vimarakof
Vimarakof
Enviado por Vimarakof em 14/10/2006
Código do texto: T263934
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vimarakof
Portugal, 57 anos
13 textos (351 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:53)