Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÉTICA E CIDADANIA

                   ÉTICA E CIDADANIA
                  Antoni Big.Cuore
      (SP. 10.08.2005, 4ª.feira, às 9:17hrs.)
=======================================================
Meu professor de sociologia sempre dizia ( e aprendi isto também nas comunidades de base que freqüentava), que a política deve ter como objetivo a promoção do BEM COMUM. Lamentavelmente, isto não ocorre nos países subdesenvolvidos, especificamente no nosso Brasil, onde, no presente momento, passa pela sua pior crise.
O sistema político brasileiro favorece a intermediação e tráfico de influência. De toda esta sujeira que esta vindo à tona pela atuação das CPIs., cheguei à conclusão de que o sistema ideal para o Brasil, seria o parlamentarismo. Pelo sistema presidencialista, o Presidente que não tiver a maioria no Congresso Nacional, tem que se sujeitar a barganhas de toda espécie. Caso mais célebre ocorreu com o finado Presidente, Dr.Jânio da Silva Quadros, que sofreu as mesmas pressões que Collor sofreu e Lula está sofrendo. Eles tiveram que “doar” as presidências de estatais e “outros recursos”, em troca de apoio político para poderem governar. Jânio preferiu renunciar a se sujeitar a tais malandragens. Collor foi deposto pelo mesmo esquema que agora o PT se envolveu. Dinheiro de caixa 2 das empresas privadas e estatais.
No Parlamentarismo o governo é o chefe de estado, cabendo a ele escolher o Primeiro Ministro, cuja função precípua é administrar o país.
Geralmente o primeiro ministro é escolhido do partido que mais representantes tem no Congresso. É um regime flexível. Suponhamos que, no caso brasileiro fosse parlamentarismo, já teria caído o primeiro ministro e se escolheria outro, assimilando, assim, mais rapidamente a crise. Em conseqüência, a economia estaria seguindo seu curso normal.
É imperativo pensar nisto! Na primeira nova chance que tiverem de opinar pelo regime político escolham, sem susto, o parlamentarismo. É o melhor antídoto para as crises políticas.
E outra, o parlamentarismo exige responsabilidades dos políticos, pois o Presidente da República pode, quando as circunstâncias o exigirem, dissolver o parlamento.
Infelizmente, não existe ética na política brasileira. Educação então nem se fala. Todos os paises desenvolvidos atingiram este patamar, dando prioridade para a educação do povo. ( Dois exemplos célebres: Alemanha e Japão, pós-guerra). Em nosso País, a educação está sucatada. Não existem verbas. Enquanto que os “mensalões” sempre existiram na vida política brasileira. A impressão que tenho (pelos 58 anos bem vividos)é que nosso País é dominado por uma estrutura burocrática estatal jurássica(com o Pt.no poder a coisa piorou ainda mais, pois foi preciso arrumar várias “boquinhas” para os “cumpanheiros”)) e que favorece o tráfico de influência e a corrupção. É imperativo haver após a apuração e punição de TODOS os culpados, uma reforma política radical, instituindo-se o voto distrital misto como existe hoje na Alemanha com parlamentarismo. Acho que este sistema ajudaria muito a aumentar a CONSCIÊNCIA DE CIDADANIA de nosso povo. O que, um país  verdadeiramente democrático precisa, é de cidadãos conscientes, e não indivíduos.
===========================================================
Antoni BigCuore. É Escritor e cantor em S.Paulo. Autor do livro, “A Saúde da Alma e do Corpo”. Contatos pelos e.mails: antonibigcuore@yahoo.com.br . Veja “meu” link na net:  www.recantodasletras.com.br/autores/antonibigcuore.
===========================================================
ANTONI BIGCUORE
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 21/10/2006
Código do texto: T269781
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 69 anos
2237 textos (778893 leituras)
87 áudios (44798 audições)
1 e-livros (150 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:12)
ANTONI BIGCUORE