Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O nome

Meu pai contava com o maior orgulho, sobre meu nascimento. Como isso já faz muito tempo, de alguns detalhes esqueci.
Dizia ele, se lembro bem, que foi em uma segunda-feira, 30 minutos após o meio-dia, em 07/05/1945. Contava que poucos minutos depois, começaram a badalar os sinos das igrejas, puseram-se a tocar os apitos de todas as fábricas que havia na vila de Araricá, bem como de todas as cidades e vilarejos das redondezas. Por toda parte, começou também um frenético espocar de foguetes. Fora anunciado o fim da 2ª Guerra Mundial. No dia seguinte, foi assinado o Armistício.
Naquela época, as fábricas possuíam apitos, mais tarde substituídos por sirenes, para avisar o horário de início e final do trabalho, bem como o da merenda. Havia intervalo para merenda, pois o turno de trabalho, era bem mais extenso que atualmente. Também costumavam tocá-los quando se fazia necessário alertar os moradores, por algum acontecimento fora da rotina do lugar, bem como, para festejar a virada de ano. Dava-se o mesmo com relação aos sinos das igrejas.
Meu nome não seria o que tenho. Porém, o escrivão que fez o registro do meu nascimento, não admitiu que não colocassem Vitória. Assim, para evitar que meu nome ficasse muito longo, meu pai concordou em retirar Sabina, nome de minha mãe.
Lerinha? Minha mãe contava que havia na vila em que nasci, uma pessoa com esse nome. Eu achava esquisito. Já adolescente, balconista de uma  loja, descobri quem era a inspiradora de meu nome, tão peculiar. Minha mãe apontou-a para mim, quando ela atravessava uma rua. Uma bela morena, alta, acho que mais nova que minha mãe. Era cliente da loja. Seu nome? Maria Líria, apelido familiar LIRINHA. (20/10/06)
Vitoria Lerinha Haubert
Enviado por Vitoria Lerinha Haubert em 24/10/2006
Reeditado em 30/10/2006
Código do texto: T272192

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vitoria Lerinha Haubert
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
266 textos (18685 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:56)
Vitoria Lerinha Haubert