Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Boa noite, John Boy

Quando minhas filhas eram pequenas, ficavam com meus pais durante o dia, enquanto eu trabalhava. Tiveram uma convivência rica com avós, tios ainda solteiros e a criançada do bairro. Morávamos em outro bairro, num chalé muito grande, construído num imenso terreno, onde tínhamos horta, pomar, jardim.
Aos sábados, dormíamos um pouco mais, mas era dia de limpar a casa, lavar roupa, passar, aparar o gramado, revisar a horta, juntar as laranjas e bergamotas caídas no chão. Dar uma espiada no pé de araçá vermelho, para ver se teríamos aquela frutinha gostosa, dali a alguns dias.
À tarde, depois de toda lida em dia, banho e ligávamos a televisão. Às 18 horas, começava o seriado Os Walton. Não lembro bem das aventuras da família, nem da história propriamente. Lembro que havia vários filhos. Era uma família de colonos americanos, lutavam com dificuldades. A história se passa na época da grande depressão.
Talvez esteja misturando as lembranças, mas o que marcou, e disso tenho certeza, foi como cada capítulo terminava. Mamãe Walton ia de quarto em quarto com sua lamparina, verificava se os filhos estavam bem e por último, antes de apagar a lamparina, passava diante do quarto do filho mais velho e se despedia dele : “Boa noite, John Boy.” (27/10/06)
Vitoria Lerinha Haubert
Enviado por Vitoria Lerinha Haubert em 28/10/2006
Código do texto: T275551

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vitoria Lerinha Haubert
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 71 anos
266 textos (18687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:25)
Vitoria Lerinha Haubert