Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HUMILDADE, MODESTIA E PRETENSÃO

Ando em crise, numa boa, nada de grave. Mas ando em crise com o tempo. Que estranho “presente” é este que vivemos hoje, correndo sempre por nada, como se o tempo tivesse ficado mais rápido do que a vida, como se os nossos músculos, ossos e sangue estivessem correndo atrás de um tempo mais rápido.
Esses tempos eu queria ver o meu passado, ver se ali havia alguma chave que explicasse meu presente, que denunciasse algo que perdi. Numa retrospectiva vi que até hoje, no alto dos meus 21 anos, a minha vida não mudou. Vivo em uma infernal transição, procurando o meu futuro que nunca chega.
Onde está o país melhor que os meus pais me prometeram? Tenho muito medo de viver como nos filmes brasileiros antigos, onde parece que todos morreram sem conhecer seus melhores dias.
Mas, como dizia o grande poeta MARCELO D2, além de “eu continuo queimando tudo até a ultima ponta”, Que não é verdade, “a corrente ta cerrada, como meus punhos, vai dizer que você é um perdedor, daqueles que quando a sua família precisar você dá no pé, vai dizer que você prefere o ódio ao amor? Me diga neguinho, qual é?”.
Depois dessa grandiosa aula de humildade (olha só a modéstia) eu me dou à liberdade para poder ter a pretensão em dizer que não é por ser brasileiro que eu não desisto. Eu não desisto por eu sei que sou BOM e o SUCESSO é só uma questão de tempo.
Nícolas
Enviado por Nícolas em 28/10/2006
Código do texto: T276220
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nícolas
Rondonópolis - Mato Grosso - Brasil, 31 anos
1 textos (49 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:16)