Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Rupturas de um país escravizado


(Estrada Humana – Otávio Costa)

 
Agonias...
Passos estão sendo dados pelo Brasil para conter o câncer agudo que vem enfrentando nos últimos anos, em síntese perfeita, hoje se colocam em evidência apenas luzes e holofotes, mas sabemos que não confundistes a escada, você subiu foi a de serviço mesmo, forçado, amputando os sonhos do seu povo e privilegiando as grandes potências tornando a nossa mão-de-obra escrava e por conseqüência escravizando os seus horizontes em busca de um lugar de sombra na árvore da história, acelerou passos para amadurecer as frutas prematuramente vendendo muito das nossas riquezas ao longo dos anos, como fazem os filhos com a morte dos pais com a herança, realizou pactos e manobras escabrosas para assegurar divisas e compor no quadro das nações estatísticas de desenvolvimento com a finalidade de assegurar mais investimentos junto aos credores financiando as corrupções dos seus filhos mais ilustres (os políticos de Brasília) que não tendo onde jogar suas escórias construiu uma triste geografia que em torno de nossas cidades e estruturas agrárias, sendo e tendo como fonte de lucro a miséria, o despreparo, a falta de educação (da juventude) no sentido mais amplo do que possamos chamar esta medida para tornar claro o desenvolvimento da mente humana e se aproveitando do ceticismo religioso do povo, a uma sociedade capitalista que sem freio julga o capital ser de suma importância para o progresso, somando-se a isso uma composição de políticos que fazem apenas carreira na capital do país, e para esconder as sujeiras deste “Taj Mahal”. Os arqueiros estão às espreitas com suas flechas venenosas (CPMF, IR, IPVA, IPTU, ICMS e afins), um péssimo programa administrativo de governo, para assim facilitar e fundamentar escrúpulos de salvadores da situação que simulam nas noites maquiavélicas levando suas louvações aos deuses macabros que tem nome, CIC e RG. Com certeza teremos ainda por longas gerações as marcas das suas atrocidades, pois humanamente já fomos vencidos por eles desde a nossa concepção no ventre de nossas mães. O Brasil nestes últimos anos foi albergue para o acumulo de “Odoricos” e formação de prostíbulos humanos, debilitando uma raça e um povo que certamente (tendo Educação de qualidade) não se apegaria nem se afortunaria as banalidades com os quais nos “enriqueceram”, pois sabemos bem onde residem os valores fundamentais para um desenvolvimento que nos capacite ao atrevimento de pertencermos a cerne deste mundo globalizado. Matar-se-á mais que índios, pretos, brancos quando nós deixarmos que matem nossa consciência, adulterando nossa valores  de liberdade e criação, facilitando na luta por mudanças necessárias para aprimorar projetos que dignifiquem pessoas, aos políticos do tempo na história deixo um alerta (Srs. Luiz Ignácio Lula da Silva & Geraldo Alckmin), pedimos que recomponham moral e ética para criar novas propostas a fim de desenvolver a vida ancorando a sociedade para fazer parte desta idéia.
Estrada Humana
Enviado por Estrada Humana em 29/10/2006
Código do texto: T276594

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Estrada Humana
Serrinha - Bahia - Brasil
126 textos (15284 leituras)
16 e-livros (1532 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:26)
Estrada Humana