Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
                                                      Mãe de Leite


Alguns anos atrás era muito comum a figura da “Mãe de leite”. Muitas senhoras que não eram capazes de amamentar seus filhos recém-nascidos recorriam às mães de leite para que doassem do seu seio a alimentação necessária para a sobrevivência dos mesmos. 

Aquelas mães, na maioria negras, dividiam o alimento do seu filho com o filho da outra, muitas vezes por amizade, recebendo em troca apenas complemento alimentar para o seu bebê. 

A amizade nascia e crescia entre aquelas famílias, e a criança passava a pedir a benção e a chamar de mãe de leite àquela que lhe havia garantido a sobrevivência. Quanto àquela criança que havia dividido o leite materno consigo, considerava irmão de leite e era um companheiro de brincadeiras. 

Um exemplo palpável na nossa cidade é a Sra. Matilde Sebastiana da Conceição, conhecida popularmente por “Martilha” . São inúmeras as crianças que se alimentaram do seu leite forte e sadio. E ela se sente muito feliz em ter contribuído para que as mesmas crescessem e hoje sejam médicos, advogados, enfermeiras, professoras... E aí estão na sociedade, graças a ela, a mãe de leite. 

Muitos, no entanto, esquecem o fato e não são capazes de ter um gesto de gratidão, de lhe retribuir com atenção, carinho, amor e ao menos um presentinho no dia das mães. Esta mãe de leite, indiferente à ingratidão, sente-se muito feliz e orgulhosa ao dizer: Dr. Fulano é meu filho de leite. Ela, na sua simplicidade e bondade ama-o apesar de não ser amada. 

Leite é sangue, é vida. E aquela que lhe deu vida merece ser tratada com mais respeito, com amor!

marineusa
Enviado por marineusa em 03/11/2006
Código do texto: T281051

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (marineusantana@hotmail.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marineusa
Brejo Santo - Ceará - Brasil, 71 anos
1726 textos (322793 leituras)
39 áudios (29265 audições)
18 e-livros (9104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:35)
marineusa