Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

escrevendo na madrugada

É de madrugada estou na frente ao computador tentando escrever algo, mais minhas idéias se misturam, tornam-se um turbilhão dentro da minha cabeça que esta cheia, talvez esse seja o problema, tanta coisa querendo sair ao mesmo tempo. Pensei em escrever um conto erótico, mas não tenho coragem, um caso policial mas não tó no clima, talves algo espiritual, falando de como é bom termos uma ligaçào com Deus a inteligência suplema do universo, causa criadora de todas as coisa.  Ahhh   isso  lembrei, vou contar uma história, a história de como a terra foi abitada;  tudo começou numa estrela muito distante daqui, que passava por sérios problemas com alguns dos seus abitante, eles estavam se comportando muito mal .praticando sérios delitos e com conduta moral decradante, os lideres desse planeta resolveu espolsar esse seres delinqüentes colocando-os em outro planeta, após minuciosa pesquisa acharam um planeta primitivo onde só havia animais selvagens, esse seres vieram prara terra como espiritos e encarnaram no animal  mais esperto da terra, o homem. Esses espíritos com conduta moral questináveis eram inteligentíssimos  embora a Terra fosse um planeta com nenhuma tecnológia ,esse seres contruiram, cidades, embarcações, dominavam o medicina e a engenharia intelectualmente tão desenvolvidos  que até hoje muitos se perguntam como eles comseguiram fazer obras magníficas com tão pouco, estou falando dos  egípicios,astecas,as pirâmedes,as técnicas de mumificação e etc,  só pra gente pensar... Moramos num planeta tão pequenino, somos iluminados por uma estrela de quinta grandeza, igual a ela existem bilhões no espaço e ainda tem as estrelas de quarta ,terceira,Segunda e primeira grandeza,os cientistas dizem que a terra é um grão de areia  no universo. O homem é capaz de fazer uma semente de arroz, com textura, cor e sabor idêntico, você come e diz, é arroz.  Se pegarmos esse arroz e colocarmos na terra ele não germinará? não. sabe porque? Porque falta nele o fluído vital, a força primária da vida, algo que o homem nunca irá fazer, é um pouquinho de Deus  que está dentro de todo ser vivo, que nasce,cresce e morre, para nescer de novo.
Alan José da cruz castro
Enviado por Alan José da cruz castro em 14/11/2006
Reeditado em 14/11/2006
Código do texto: T290763
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alan José da cruz castro
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 44 anos
18 textos (585 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:01)
Alan José da cruz castro