Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu acredito no Big Brother!

Muito antes da rede Globo empurrar uma dúzia de sujeitos desconhecidos para a roda da fama e fortuna dos 15 minutos, simplesmente por serem observados diariamente em cadeia nacional, Andy Warhol e George Orwell já tinham cantado a bola.

O primeiro deles já dizia, e mal sabia a multidão que seguiria os seus ditos, que no futuro todos nós teríamos 15 minutos de fama. Ora, quem sou eu para dizer o contrário, conectada em rede mundial, para os que querem e os que não querem ouvir?!

O segundo deles, também profeta além de seu tempo, instituiu o termo “Big Brother” em seu livro “1984” onde as pessoas que vivem no futuro submetem-se à onipresença do Grande Irmão, que tudo vê, tudo sabe, tudo controla.

Demorou um pouco mais que o ano de 84, mas, senhoras e senhores, o Big Brother está aqui pra ficar, e tirar a calma e a intimidade de quem queira e quem não queira.

No exato momento em que escrevo tenho uma câmera apontada para mim. Se quiser levantar para ir ao banheiro, eu terei outra para seguir o meu caminho. No banheiro... Ninguém sabe, ninguém vê.

Para quem mora em cidades maiores, viver cercado por câmeras virou uma regra, mais do que uma exceção. No elevador, na entrada do prédio, na entrada do mercado, nas salas de trabalho.

Preciso confessar que a parafernália tecnológica me deixou uma pessoa um pouco mais paranóica... O apreço para que a minha intimidade se mantenha íntima me faz olhar para o teto toda vez que eu penso em beijar no elevador, ajeitar uma roupa fora do lugar, limpar os dentes, ou fazer qualquer daquelas coisas que a gente faz quando não tem ninguém olhando.

A questão é que há coisas que não foram feitas pra serem vistas e, ultimamente, isto se restringe às nossas necessidades mais fisiológicas. Pergunto eu até quando...
Então, minha gente, o Big Brother é aqui. E porque nosso público se restringe a porteiros, seguranças e vouyers de toda a espécie, nós não vamos ganhar nenhum tostão no final deste show.

E para os não incomodados, sorriam, porque vocês com certeza estão sendo filmados!
Ana Carolina Paes
Enviado por Ana Carolina Paes em 14/11/2006
Reeditado em 14/11/2006
Código do texto: T291351
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ana Carolina Paes
São João da Boa Vista - São Paulo - Brasil, 38 anos
8 textos (575 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:14)
Ana Carolina Paes