Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Muros

A consciência humana é um labirinto que nenhum homem existente na face da Terra foi capaz de penetrar e chegar ao centro máximo da sua capacidade. O melhor de tudo é que é um labirinto sem muros. Estes, por mais incrível que possa parecer, estão sendo uma vez mais usados para barrar os inimigos de nações e principalmente impedindo o avanço de grandes perigos para os governos de tais paises, como por exemplo, a cultura, a integração entre os povos, a soma de valores e a paz, que ainda não aprendeu a transpor muralhas.

Não é de hoje que o homem vêm construindo muros para separar nações. O mais engraçado de tudo isso é que a principal causa disso é a guerra, a violência e a destruição e nunca a soberba de um governante que é capaz de separar famílias inteiras, como foi com o Muro de Berlin. Parece-me que todo o ocorrido com a humanidade durante aqueles anos ou mesmo após de nada serviu para ensinar a nós outros lições valiosas de liberdade e que mesmo a "queda" do muro de Berlin deixou me nós e, talvez, para sempre deixará seqüelas e chagas que nos farão lembrar da prepotência humana.

Os E.U.A estão dispostos a gastar fortunas para impedir que migrantes mexicanos adentrem em seu país e tirem de lá o que pertence à nação estadunidense. Pena não lembrarem-se que recentemente entraram no Iraque e no Afeganistão, sem bater na porta ou enviar uma comitiva preparatória, para acabar com a vida de pessoas inocentes. E de lá não levaram empregos, renda entre outras coisas de pouco valor. Mas sim o que o homem possui de mais valioso. A VIDA!

Acho melhor continuar a observar o comportamento da mente humana, pois, nela ainda há liberdade e espaço para ir e vir sem precisar tornar-me um alpinista. Além do mais os únicos muros que me agradam ver levantados são os muros da racionalização os quais, justo esses, os políticos querem destruir.
Maurício Freitas de Siqueira
Enviado por Maurício Freitas de Siqueira em 18/11/2006
Código do texto: T294322

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar o nome do autor). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurício Freitas de Siqueira
Salvador - Bahia - Brasil, 28 anos
13 textos (380 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:08)
Maurício Freitas de Siqueira