Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como a vida passa depressa...

        Parece que foi ontem que aprendi a andar de bicicleta,
Fazia travessuras e inventava brincadeiras junto dos meus amigos.
Ah!Quão bom seria se ao menos uma vez tivéssemos a oportunidade de voltarmos
àqueles tempos de alegria!!!
Aos poucos vamos nos tornando maduros demais,e não temos mais aquela magia que tínhamos na infância.As brincadeiras tornam-se maliciosas ou então nem produzem um efeito
de satisfação.
Junto ao tempo vem chegando novas responsabilidades,novos anseios.Começamos a descobrir
um “novo mundo”,onde tudo é diferente  do que imaginávamos quando criança.
Sinto saudade daquela velha maneira de enxergar os problemas!Saudades da união que havia
entre os ” coleguinhas” de escola,ou entre a garotada da rua,que toda a tarde se reuniam para brincar. Hoje é muito raro estarem todos reunidos e a “mágica” já não é a mesma.
É  preciso que todas as pessoas voltem a se amar e se unam!!!
Dizer não à violência!!!Não às drogas!!!
E sim à vida!!!
Já não suporto mais assistir aos noticiários e nem ler  colunas de jornais,pois todos os dias ambos estão manchados de sangue.Há sempre assassinatos,crimes causados pelos motivos mais esquisitos e bizarros.A  falta de respeito tem tomado conta de escolas e não da para confiar nem mesmo na polícia(digo isso dos corruptos)!
Pessoas  deixam suas vidas serem destruídas pelas drogas,e os traficantes não estão nem um pouco preocupados com os danos que vêm causando às famílias e à sociedade!
O pior de tudo é que nós mesmo financiamos  o tráfico e a criminalidade,cada vez que compramos produtos piratas ou receptamos coisas roubadas!
O ser humano de uma forma  geral perdeu o amor e o respeito pelo seu semelhante!!!
É.....Como a vida passa depressa....
Daqui a pouco podem ser nossos filhos,sobrinhos e netos,pessoas vivendo à margem da sociedade,andando pelas ruas com fuzis nas mãos,financiando o tráfico,desviando verbas,afundados nas drogas e uma infinidade de coisas ruins!!!
Se deixarmos o amor  se esfriar um pouquinho mais,entraremos em um estado de calamidade irreversível!!!!
É...Mais uma vez sinto saudades do tempo de menino,onde para mim nada disso existia....
como era bom ser criança...
                                           texto:Igor I.  Carneiro.
Igor Itabajara Carneiro
Enviado por Igor Itabajara Carneiro em 15/05/2011
Reeditado em 14/02/2014
Código do texto: T2971701
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Igor Itabajara Carneiro
União da Vitória - Paraná - Brasil, 21 anos
6 textos (828 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 23:57)
Igor Itabajara Carneiro



Rádio Poética