Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

rumo ao progresso

                                                               Caminhos de todos

     Observando pessoas passando numa rua no centro do Rio ,algumas apressadas outras nem tanto, algumas carregando  bolsas ,outras com  mãos vazias, execultivos, trabalhadores informais,donas de casa, crianças, jovens, velhos, centenas de pessoas indo em diversas direções, com deveres e afaseres diferenciados, mas todos naquele momentos estavam passando pelo mesmo caminho. Isso me vez refletir, já que  estava ali com aproximadamente uma hora livre para ver as coisas ao meu redor, nada de mais, apenas aguardava o ônibus  para ir pra casa. Vendo a divercidade de pessoas passando, associei  a passagem rápida dessas gente que certamente buscavam objetivo diferente, indo a lugares diferente, mas nequele momento passavam pelo mesmo caminho, tão preucupadas com suas obrigações que pouco observavam as outras pessoas, e os seres que abitavam momentaneamente aquele lugar. Tambem observei pessoas que trabalhavam  ali no caminho, vendendo balas e doces , jornaleiros, crianças pedindo esmola, mulheres paradas na calçada, entregadores de folhetos sobre diversos assuntos e etc; Num pais como o Brasil, rua do centro do  Rio é uma festa de misturas raciais e sociais. Assim é o planeta terra, um caminho por onde passa diversas pessoas, com deveres e intereces diferentes. Povos diverentes abitam e passam por aqui sem se importarem com os outros, sem olharem as pessoas que caminham ao seu lado. Acreditando na vida como eterna,   chegado o término da existência terrestre o espirito segue a vida que merece ou fez por merecer em um outro lugar. Fica evidente a multiplicidade de caminhos que  teremos que tomar obrigatóriamente dependendo da maneira que conduzimos a nosso passos no caminho terrestre.  Acredito que no universo a Terra  seja uma lugar único, capaz de abrigar seres de todos os níveis morais existentes, pessoas boas, muito boas, pessoas más, muito más, invejosas, inescrupulosas, covardes, corajosas, pessoas quase santa  e pessoas diobólicas. Todos sabem que esse planeta  mistura céu com infernos, pedaços isolados de paraiso, com lugares que lembram os piores purgatórios, pessoas que passam por aqui como se estivessem de férias com muito dinheiro no bolço,gozam de saúde e bem estar. Outra sentem que a caminhada aqui não é nada fácil,carregam um fardo pesado ,penam com a falta de tudo, passam fome, frio, sofrem com a solidão, são maltratadas por diversas doênças. Algumas dessas mazelas são impostas pelas vida, já nascem doentes,em familias desequilibradas, mas muitas pessoas nascem saudáveis e escolhem passar pelo caminho dos vícios, não só vicios de drogas, mas tambem tão prejudicial  quanto as droga é a comida e os doces, a aciosidade tambem é muito prejudicial a saúde, ocasionando sérios problemas que somados a outro vícios e pouco tempo o individuo que assim procede terá sua vida encurtada em muito anos e a qualidade de vida diminuida consideravelmente. Muitos nascem nos chamados berços de ouro,estudam, moram em boas casas, casam-se com mulheres interessantes, tem filhos saudáveis, privam-se de momentos com os filhos e esposas e muitos esquencem de cuidar de si da saúde ,porque é muityo melhor cuidardasaúdedo que da doênça. Dedicando-se ao trabalho planejando uma aposentadoria tranqüila, quando se aposenta usam seu tempo para cuidar de doenças causadas por má administração da vida. Se o caminho escolhido é o do bem estar familiar, ótimo, mas se por conta disso o individuo se alimenta de  forma equivocada , dorme mal, tem preucupações que o atrapalha até na atividade sexual e no relacionamento com as pessoas,epa! Alguma coisa esta errada, o caminho escolhido não vai lhe proporcionar uma aposentadoria tranqüila. Vários já disseram “o equilibrio é a chave do sussesso”,mas qual sussesso? Sussesso em que sentido? Adianta ganhar um monte de dinheiro, ser presidente de uma multinacional, conhecer vários paises se moralmente você não evoluiu nada, só trilhou o caminho do egocentrismo e da vaidade. Tentou ao menos vagar pelo caminhos da caridade, da humildade, do amor e do perdão? Andar por esse caminhos é vivenciar a maior riquesa que podemos adquirir,valores que levaremos com nosco para qualquer lugar que seja,é uma riquesa que ninguem poderá roubar,a moeda do amor, da caridade ,da humildade, esse valores morais edificantes não se desvalorizam nunca se qual for o caminho, o dinheiro é  abençoado e digno quando provém do trabalho e proporciona confortos merecidos ao individuo que luta na vida não pelo seu progresso, mais sim progresso moral de todos que estão a sua volta.
 
Alan José da cruz castro
Enviado por Alan José da cruz castro em 25/11/2006
Reeditado em 30/11/2006
Código do texto: T300732
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alan José da cruz castro
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 44 anos
18 textos (585 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 09:45)
Alan José da cruz castro