Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UBUNTU PARA VOCÊ

Gosto de fazer adaptações de texto. Segue uma adaptação de texto que recebi de uma amiga que mora em Floripa.

No ano de 2006 aconteceu o Festival Mundial da Paz em Florianópolis/SC. Presente ao evento a jornalista e filósofa Lia Diskin que, em sua fala aos participantes, narrou o que aconteceu a um antropólogo que estava estudando acerca dos costumes de uma determinada tribo da África, os Ubuntu.

O antropólogo, depois de terminar seus estudos, resolveu fazer uma brincadeira com as crianças da tribo. Comprou alguns doces e algumas guloseimas, colocou-as dentro de uma cesta e colocou-a debaixo de uma árvore. Então, chamou as crianças e desafiou-as a, quando ele desce o sinal de “já”, saírem correndo. A criança que chegasse primeiro à árvore, seria a dona do cesto e poderia ficar com todos os doces e com as guloseimas.

Então ele alinhou as crianças e deu o sinal. Para a sua surpresa, ao sinal, as crianças deram-se as mãos e foram correndo juntas até a árvore. Ao chegarem lá, repartiram o conteúdo do cesto entre todas elas e o comeram juntas, bem felizes.

O antropólogo então perguntou-lhes: “-Por que vocês foram todas juntas, se apenas uma poderia ser a dona de tudo?”

As crianças olharam para ele e responderam: “- Ubuntu, tio. Como é que qualquer um de nós poderia ficar feliz se todos os demais ficassem tristes?”

O antropólogo ficou sem resposta para essa pergunta. Percebeu que havia estudado a tribo e, mesmo assim, ainda não havia compreendido a essência daquele povo. Se os tivesse conhecido um pouco mais a fundo, com certeza jamais teria proposto a eles qualquer tipo de competição.

Ubuntu significa: “Sou quem sou, porque somos todos nós!!!”

Não é uma questão de ter. É uma questão de ser.  EU SOU PORQUE TODOS NÓS SOMOS... Unidade, compartilhamento, fraternidade, solidariedade. Valores tão desprezados pela visão egoista da maioria da humanidade.

Ubuntu para você!!!!

----------------------------------------
Segue uma versão um pouco mais resumida do mesmo caso.

"Numa tribo africana, os Ubuntu, um certo antropólogo recebeu uma lição inesquecível.
Propôs uma competição entre as crianças: que elas corressem até uma certa árvore onde ele havia colocado um cesto cheio de doces e guloseimas.
Ao dar o sinal de “já”, as crianças deram-se as mãos e correram juntas até a árvore e lá, felizes,  repartiram os doces entre si.
Surpreso, perguntou-lhes: “- Por que vocês correram todas juntas, se apenas uma poderia ter sido a dona de tudo?
As crianças responderam: “- Ubuntu, tio. Como é que qualquer um de nós poderia ser feliz à custa da tristeza dos demais?”
Ubuntu significa: “Sou quem sou, porque somos todos nós!!!”
O antropólogo percebeu que havia estudado a tribo mas, na verdade, não os havia compreendido na essência. Caso positivo, jamais teria proposto qualquer tipo de competição.
O egoísmo impede a prática da solidariedade. Ser é mais precioso que ter. Sou feliz porque assim também acontece com você.
Ubuntu para você!!!"

---------------------------------------
Segue uma terceira versão, um pouco menor:

Numa tribo africana, os Ubuntu, um certo antropólogo propôs às crianças que, a um sinal dele, todas elas correriam em direção a uma árvore onde ele havia colocado um cesto cheio de guloseimas. A criança que chegasse primeiro seria a dona de tudo.
Contudo, ficou surpreso ao perceber que, ao seu sinal, as crianças deram-se as mãos e chegaram à árvore juntas, onde dividiram felizes os doces.
À sua pergunta: “- Por que vocês correram juntas se apenas uma poderia ser a dona de tudo?” as crianças responderam: “-Ubuntu, tio. Como é que qualquer um de nós poderia ser feliz à custa da tristeza dos outros?”
Ubuntu significa: “Sou quem sou, porque somos todos nós.”
Se o antropólogo tivesse compreendido a essência daquele povo, jamais teria proposto qualquer tipo de brincadeira competitiva. Ubuntu também é um outro nome para SOLIDARIEDADE.
Ser é mais importante do que ter. Ubuntu para você!!!!


José de Castro
Enviado por José de Castro em 08/06/2011
Reeditado em 08/06/2011
Código do texto: T3022506

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 69 anos
2304 textos (687451 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/17 22:11)
José de Castro