Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIAGEM DA ALMA

Certa vez, uma alma desceu ao plano da forma a fim de conviver com as criaturas deste mundo. Mas durante sua permanência, entrou num árduo processo onde, sentiu-se, à mercê do acaso e advertida por forças que julgava desconhecer e temia enfrentar como se o mundo todo lhe fosse desconhecido, severo e hostil. E em meio às tempestades da vida, com o peito apertado em angústia, vagava o ser solitário perdido de si e dos outros e um encadeamento de desamparos e desencontros, confuso e atordoado pelo impacto da fatalidade. Qual náufrago afobado procurava refúgio em terreno sólido no qual fosse possível aportar-se. Pobre alma, ainda teria um extenso caminho a percorrer e embora confusa, sem ao certo saber de onde veio e para onde vai, sentia saudades de seu lar, um desejo latente de voltar para casa. Mais aonde seria esta casa? Talvez descubra ela  a resposta em si mesma. Talvez consiga em tempo esta alma desvendar os véus de Isis e assim seguir livre da tão amarga angustia de sua alma.
luz
Enviado por luz em 08/08/2005
Código do texto: T41306
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luz
Santos - São Paulo - Brasil
65 textos (8882 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:02)
luz