Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Melhor Amigo

Antônio Calmíssimo conduzia tranquilo trocando amenidades com o carona das manhãs. E dando voltas e mais voltas nem veriam a rotatória, não fosse o carro da frente ter parado e, de bandinha atravessado, dar sinal mais do que claro que perdera a direção.

Então Antônio Calmo, do fundo do seu carácter, em punho esbravejou:
- Fi de puta, tu não sabe para onde tu vai não, caralho?!

E o carona, cabisbaixo, caladinho só pensou:
- Em verdade, em verdade vos digo, o trânsito vos revelará.

E porque revela a alma, o melhor amigo do homem não é o cão, é o stress.
Helena Frenzel
Enviado por Helena Frenzel em 12/03/2014
Código do texto: T4725587
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Frenzel
Alemanha
487 textos (36083 leituras)
47 áudios (2336 audições)
45 e-livros (1919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 19:01)
Helena Frenzel