Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIOLÊNCIA

Eu gostaria de falar nas segundas, logo após um maravilhoso final de semana, de coisas afáveis, acontecimentos tranqüilos, fatos novos. Infelizmente, coisa boa não vende, qual a graça de colocar na primeira página, um grupo de freiras católicas e noviços franciscanos, que durante 72 horas trabalharam com mendigos e despossuidos na praça da cruz vermelha? Ou mesmo, fieis de uma igreja evangélica qualquer, que em mutirão, construíram uma creche para crianças abandonadas pelos pais (invariavelmente, adolescentes), e que, com contribuição ou não, serão os patronos de tal iniciativa. Mas isso não vende jornal, a violência sim, vende, e muito, nas bancas, na televisão, na mídia em geral. Então seria melhor refletirmos sobre tal situação. É culpa da imprensa se compramos apenas a violência? Nós, simples humanos, gostamos realmente de ver a violência em foco? Não seria de bom tom, buscarmos também, os fatos positivos havidos em nossa cidade? Pois é, a fofoca, a vida alheia, o sangue derramado de inocentes, bandidos, etc..., o que realmente queremos, e o que criamos para nós mesmos , incentivando essa cultura da violência, acrescidas e porque não dizer, aumentada, por setores da mídia, que por razões inconfessáveis, alardeiam ao mundo, uma cidade violenta, com cidadãos violentos, com esquinas violentas, com noites violentas, e novelas, filmes e programas, pra lá de infatins.  
Jose Carlos Cavalcante
Enviado por Jose Carlos Cavalcante em 05/09/2005
Código do texto: T47758
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jose Carlos Cavalcante
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
730 textos (54065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:43)
Jose Carlos Cavalcante