Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Falar da Saudade



 

HOUVE UM TEMPO NO MEU PAÍS EM QUE SAUDADE ERA A ÚNICA PALAVRA SUBVERSIVA QUE PODIA DIZER-SE EM VOZ ALTA.

ACONTECIA NUM TEMPO DE LUTA INGLÓRIA.
OLHAVA E PENSAVA.

AQUELA CARA DE OLHOS-LAGOS EM CRATERA FUNDA, DE LÁBIOS SECOS E APERTADOS, DE FIRME MAS TÃO TRISTE EXPRESSÃO DE DESALENTO, CAVANDO A TERRA MADRASTA, ZUMBA QUE ZUMBA A ENXADA, CAVANDO MÁGOA APÓS MÁGOA.

CORRENDO DE NOITE PELAS BRENHAS, SACO CHEIO DE CONTRABANDO ÀS COSTAS: ERA O CAFÉ, O AÇÚCAR, O TABACO QUE FALTAVAM, PEQUENOS TESOUROS DE QUEM NÃO TINHA NADA MAIS QUE A SORTE DE ATRAVESSAR O PULO DO RIO OU CAIR AO TIRO DO GUARDA.
DOS DOIS, UM DESTINO CERTO.

SUBIR DE ARMA NO OMBRO A ESCADA SEM FIM DO NAVIO, LENÇOS ACENANDO EM BAIXO "ADEUS, MEU FILHO, QUE VOLTES VIVO"... A GUERRA ERA UM BURACO NEGRO NO COMEÇO DA VIDA INCERTA.
SEM MAIS SAÍDA.

FUGIR DE NOITE, MALA DE CARTÃO, EM BUSCA DO PÃO SONHADO EM TERRA ALHEIA - FRANÇA, ALEMANHA, SUÍÇA... OS OLHOS MAREJADOS, PARA TRÁS OS ENTES QUERIDOS, ATÉ UM DIA ...
FADO.

NA DESVENTURA, O TOQUE DE UMA GUITARRA NA RUELA, UM SOM QUE NÃO SE SABIA DE ONDE VINHA, MAL BRILHAVA UMA CANDEIA ACESA.

SOBRE A ENXERGA OS OLHOS INSONES ABERTOS.
OS OLHOS VERMELHOS NO CHORO DE TANTAS NOITES
À ESPERA.

AI DE QUEM VAI, AI DE QUEM FICA!
NO MEIO ESSA PONTE DE ESPERANÇA DE VOLTAR UM DIA, BRAÇOS ABERTOS.

DEBRUÇADA,
ESSA CARÊNCIA DE BEIJOS A ARDER FUNDO NA ALMA.



Lisboa,
23/8/2002

 
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 17/09/2005
Código do texto: T51252
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Petronilho (registo www.igac- ref 2276/DRCAC - Ministério da Cultura, Portugal)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 64 anos
1238 textos (130517 leituras)
60 áudios (14347 audições)
9 e-livros (5147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:15)
Maria Petronilho

Site do Escritor