Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO SOLITARIO

Noite de inverno..... depois de um dia inteiro de  exaustivo trabalho, cobranças de posturas que nao fazem parte de sua vida... desentendimentos com colegas do escritório, incompreensões e injustiças, coloca-se a caminhar pelas ruas  desertas , acompanhado pelo silêncio profundo e pelo ar gelado.
Pensando em tudo o que se passa, no que se transformou sua vida, de toda mediocridade e falta de amor, em toda falta de propósitos e em todos os sonhos nao realizados ou desfeitos.
Encontra um bar, com mesinhas  convidativas , ambiente aconchegante, pessoas alegres, rindo da noite, alegria  no semblante. Impulsionado pelo ambiente, entra e senta... a tudo fica olhando.
Absorto em sua solidao, nos pensamentos  mais profundos, entrega-se à bebida, deleita-se na embriagues e na falta de consciência...
Constrói um mundo irreal......instinto animal, começa a sorrir... Sorri da familia, do trabalho, do chefe e do salario... Seu coração fica cheio de felicidade..... olha as luzes da cidade e resolve caminhar...... sai do bar, sorridente, atravessa a rua displicente, como que a sonhar...Caminha sem destino, sorrindo e cantando...pelo menos, por um instante, sente-se vivo e realizado...
mas como nem tudo é planejado, cai numa esquina, totalmente embriagado... triste ilusão... toda a alegria era um sonho...que agora foi ao chão.
luiz fernando costa daher
Enviado por luiz fernando costa daher em 17/09/2005
Reeditado em 26/12/2010
Código do texto: T51393
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
luiz fernando costa daher
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 54 anos
325 textos (50396 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:11)
luiz fernando costa daher