Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VAZIO...

     Vazio...Casa abandonada,onde a poeira aumenta a cada segundo,deixando o lugar parecer tenebroso,sombrio...triste!
     Onde a falta de alegria faz com que por dentro tudo fique preto-e-branco,como as calçadas de copacabana,só que desabitadas,abandonadas...
     Silêncio profundo,momento de introspecção,em que mesmo diante de uma cidade barulhenta,tudo parece está parado,como manequins em uma imensa vitrine!
     Em meio ao dia mais claro,tudo parece escuridão...
     Em meio à música mais agitada,tudo parece vácuo...
     Mundo contraditório,confuso,que me faz sentí mutante,ser estranho incapaz de me relacionar com os demais seres...Ser diferente!
     Vazio...é assim que meu coração está!Sem motivos aparêntes para sorrir,sem possibilidades de conquistar,cheio de frestas e cicatrizes que teimam em sangrar...
     Amanhecer sozinha...adormecer sozinha...
     Ver o sol nascer e se pôr sozinha!
     Sozinha como a "Estátua de Liberdade",ou mesmo como o "Cristo Redentor"...Monumentos imponentes,que se mostram fortes,que resistem a chuvas e tempestades,mas que por dentro são ôcos...Vazios!
     Turbilhão de idéias que se misturam,se confundem e me enlouquecem!
     Frio congelante que faz com que minhas estruturas não resistam e caim...Náufrago num oceano de lágrimas!
     Vazio...Ausência completa e absoluta de habitantes,de alguém para conversar,dividir alegrias e tristezas...Compartilhar abraços e beijos...Dizer "EU TE AMO" sem medo!
     Vazio...Saudade daquilo que um dia chegou mas não ficou!

suely nobrega
Enviado por suely nobrega em 24/09/2005
Reeditado em 24/09/2005
Código do texto: T53345
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
suely nobrega
Campina Grande - Paraíba - Brasil, 32 anos
9 textos (743 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:48)
suely nobrega