Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA PEQUENA HISTÓRIA SOBRE A MINHA MEMÓRIA

Liguei a televisão e não acreditei. A escola que me fez entender o verdadeiro significado da palavra liberdade estava ali na minha frente, transformada em matéria de um programa jornalístico e servindo de modelo para milhares de escolas públicas.

A primeira reação que tive, claro, foi encher o peito de orgulho, depois aumentei o volume da televisão e abri bem os olhos para matar a saudade do meu bom e velho Liceu.

De repente fui levada por uma onda de saudosismo e arrastada para alguns anos atrás...Lembrei-me então da primeira vez que fui ao Liceu.Foi no dia da minha matrícula.Quando pisei o primeiro degrau da escada não acreditei que entraria naquele castelo.Para mim, aquela escola era do tamanho dos meus sonhos!Os três anos que passei lá foram inesquecíveis; as amizades, preciosas; os professores, verdadeiros mestres.Na minha memória ficaram gravadas as passeatas das quais participei, o grande amor que lá encontrei e a decisão que tomei sobre a minha profissão.Tudo vivido lá! Tudo guardado aqui, no meu coração!

E pra aumentar minha alegria em outro meio de comunicação encontrei uma nota sobre minha inesquecível escola.Li que alguns voluntários resolveram “dar cara nova” ao meu bom e velho Liceu com o mutirão da limpeza.E, ao mesmo tempo, bateu outra onda, mas dessa vez de angústia.Fiquei me perguntando se os jovens que hoje estudam lá sentiram o mesmo orgulho que eu...Se teriam coragem de fazer o mesmo trabalho que os voluntários...Talvez não!Mas eu prefiro acreditar que sim!

Ou o Liceu faz parte da memória de alguém, ou alguém faz parte da memória do Liceu.

Eu? Prefiro ficar com as duas opções.
Simplicidade
Enviado por Simplicidade em 06/10/2005
Código do texto: T57146
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simplicidade
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
3 textos (94 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:07)
Simplicidade