Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
A ÚLTIMA IMAGEM


Sentada diante do médico que a atendia no hospital, vestida com seu casaco verde-musgo, chamava minha atenção o ar sereno com que encarava a situação. Achei por bem levá-la, pois não me soava bem a febre diária, o cansaço e algo semelhante a uma depressão, que começava a instalar-se.


Havia alguma coisa diferente no ar. Não conseguia deixar de mirar a sua face... linda nos seus noventa e um anos, cabelos brancos, semblante ainda luminoso, batom rosado, e a tão decantada lucidez...


Essa é a última imagem que guardo de minha avó.


Antes que a internassem e subitamente deixasse de ser ela mesma.






belvedere
Enviado por belvedere em 08/10/2005
Reeditado em 08/10/2005
Código do texto: T57909

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Belvedere Bruno). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
belvedere
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
220 textos (73248 leituras)
5 e-livros (1070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:05)
belvedere

Site do Escritor