Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                    CONTROLAR O MAU HUMOR
     Muitas vezes acordamos de manhã com um mau humor, sem motivo aparente. Qualquer coisa que o outro fala deixa a gente irritada, principalmente se for uma implicância gratuita logo cedo. E pode estar certo, há pessoas que nasceram para estarem de bem com a vida e por outro lado aquela pessoa que vive de mau humor, que contamina o ambiente, e por mais que a gente quer levantar o astral não se consegue, principalmente quando já não se levantou bem. Imagina uma pessoa de mau humor, e duas pessoas de mau humor. É assim que começam briguinhas bobas sem reais motivos.
     É preciso então arrumar alguma coisa que distraia a mente, mudando o foco, dar uma volta lá fora, olhar as plantas, sentir o sol na pele, buscar a energia boa da vida que permeia, prestar atenção numa flor, escutar um pássaro cantando, mesmo que seja o piar do pardal. Se não dar certo, tomar um gole de água, fazer uma prece, quem sabe ir para o computador, escrever, ler um livro. É preciso reequilibrar o ambiente de qualquer jeito, para que tudo dê certo e viver feliz e intensamente. O mau humor do outro não pode estragar a serenidade própria. Cada um tem uma personalidade diferente, há pessoas tranquilas, mas também aqueles que mais parecem um vulcão pronto a eclodir.
     Pode ser um chefe, um pai, uma mãe, a esposa, o esposa, não importa quem, não podemos deixar que o nosso equilíbrio seja afetado, que o mau humor vá para outro lugar, afinal, há pessoas que são assim, e não a nada que faça mudar um humor tão contaminante, conviver com isto pode trazer a doença, se a gente não se cuidar, evitar pegar esta influência ruim. Afinal não temos culpa se há pessoas que não gostam de sorrir para a vida. Já basta as crises de depressão, nascida de ambientes favoráveis a depressão. E depressão é doença que deve ser combatida com terapia e remédios, o que nem sempre é o caso da pessoa que vive da mau humor. Muitos acostumam a ver somente o lado pessimista da vida, ou já é mesmo rabugento. São até anti sociais, é preciso investigar para ver o que está acontecendo ou se a pessoa é assim mesmo. Há pessoas que quanto mais tem, mais reclama, mais insatisfeitas estão, e outras que dão risadas para a vida, mesmo tendo somente o suficiente para viver. COISAS DA VIDA, DA PERSONALIDADE...Vamos tentar sorrir para vida pessoal, a vida política não pode contaminar o nosso bem estar do dia a dia...Afinal, viver já é tão bom...
_______________________________________________
OI PESSOAL VOLTEI...
NESTA CRÔNICA ESTOU FALANDO E MAIS DO MAU HUMOR CONSTANTE, EU TAMBÉM ACORDO RABUJENTA, DEMORA UM POUCO PARA O SORRISO ABRIR JUNTO COM O SOL.
ESTOU FALANDO DO MAU HUMOR QUE NOS ESPANTA, OPRIME, E CHOCA...UM POUCO DE MAU HUMOR TODOS NÓS TEMOS.
___________________________________________________
Norma Aparecida Silveira Moraes
Enviado por Norma Aparecida Silveira Moraes em 13/09/2017
Reeditado em 14/09/2017
Código do texto: T6112709
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Norma Aparecida Silveira Moraes
Suzano - São Paulo - Brasil, 58 anos
6897 textos (115382 leituras)
3 áudios (215 audições)
187 e-livros (8397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/17 09:45)
Norma Aparecida Silveira Moraes

Site do Escritor